Logotipo R10
Centro de Atenção Psicossocial realizou grandes eventos no mês de maio

O Centro de Atenção Psicossocial (CAPS) de Piripiri promoveu uma série de três eventos no mês de maio, nos dias 16, 21 e 30 de maio, em alusão ao dia 18 de maio: Dia Nacional da Luta Antimanicomial.

De acordo com o coordenador, psicólogo Daniel Rezende, um dos objetivos do I Workshop em Saúde Mental no Contexto da Intersetorialidade foi de reforçar o direito dos usuários de saúde mental por atendimento digno, respeitoso, qualificado e inserido na sociedade.

O workshop ainda foi o momento para a apresentação do projeto CAPS Itinerante, comemoração do Dia das Mães do CAPS e realização de uma palestra com psiquiatra Cristovão Madeira com o tema "Funcionalidade da Rede de Atenção Psicossocial de Piripiri".

Um dos projetos desenvolvidos na cidade é o "Cuidar-se para Cuidar", pioneiro e piloto que visa capacitar os cuidadores de pacientes com transtorno mental grave e persistente.

Daniel Rezende destaca que um dos projetos do CAPS do município é identificar e qualificar o perfil que o cuidador deve ter visando um modelo humanizado entre a equipe e vínculo afetivo com a família.

O CAPS de Piripiri tem 2500 pacientes cadastrados e atende os municípios do Território dos Cocais como Brasileira, Capitão de Campos, Milton Brandão, Domingos Mourão, São João da Fronteira, Pedro II, Lagoa de São Francisco, Barras, Batalha, dentre outros.

Os pacientes, em Piripiri, passam o dia no Centro de Atenção e durante a semana recebem atendimento de aproximadamente 22 profissionais, entre eles, psicólogo, terapeuta ocupacional, assistente social, educador físico, enfermeiro especialista em saúde mental, médico psiquiatra, médico clínico, farmacêutico, nutricionista, vigia, segurança, técnico de enfermagem, auxiliar administrativo e auxiliar de serviço geral.

Daniel Rezende revela ainda que em 2018 o CAPS de Piripiri iniciou o Projeto Terapêutico Institucional e o Projeto Terapêutico Singular que objetivo traçar o perfil dos pacientes, ou seja, qual é de fato a demanda do CAPS ou da atenção básica.