Logotipo R10
Piauí perde R$ 1,7 bi com morte de jovens de até 25 anos, diz estudo

Piauí perdeu R$ 1,774 bilhão com a morte de jovens de 13 a 25 anos, no período de 20 anos, de 1996 a 2015, aponta estudo realizado pela Secretaria de Assuntos Estratégicos do Governo Federal. O estudo aponta que para cada morte de jovem de 13 a 25 anos, o Piauí perde R$ 550 mil.

Em 20 anos, o Brasil teve um prejuízo acumulado de mais de R$ 450 bilhões devido a elevado número de homicídios, adianta o estudo da Secretaria de Assuntos Estratégicos.

A pesquisa calcula o custo da criminalidade para o Brasil e para cada um de seus estados de 1996 a 2015. No caso dos homicídios o valor do prejuízo se refere à perda da força produtiva. O país deixa de ganhar com os frutos do trabalho que a vítima durante sua vida renderia.

Os custos da violência equivalem a 3% do Produto Interno Bruto (PIB) do Piauí, que foi de R$ 39,150 bilhões, de acordo com o Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE).

No Piauí, a taxa de homicídios de jovens é de 45,2 para cada grupo de 100 mil habitantes.

Porém, a taxa de homicídios de jovens homens pulam para 86,5 para cada grupo de 100 mil habitantes.

Para calcular o valor que o Brasil desembolsou por causa da violência, o estudo mensurou os gastos do setor público e privado nas áreas de segurança pública, seguros, danos materiais, custos judiciais, perda de capacidade produtiva, encarceramento e serviços médicos e terapêuticos.

Em 2015, a criminalidade custou 4,38% do PIB do Brasil, equivalente a aproximadamente R$ 285 bilhões.

Fonte: Meio Norte.