Logotipo R10
Sindicato: de 39 mulheres assassinadas no PI, 90% é caso de feminicídio

O Sindicado dos Policiais Civis do Piauí (Sinpolpi) realizou pesquisa para apurar dados sobre os homicídios ocorridos no Estado no período que compreende os seis primeiros meses de 2018. Os dados do Instituto de Medicina Legal (IML) da capital também compõem a pesquisa.

Foi registrado aumento dos casos de feminicídio, quando o companheiro ou pessoas que tenham ligação com a vítima praticam o ato por questões de gênero, ou seja, matam a mulher apenas por ela ser mulher.

O presidente do Sinpolpi, Constantino Júnior, considera alarmante que do registro de 39 mulheres assassinadas nos seis primeiros de 2018, cerca de 90% sejam casos de feminicídio e aponta que é preciso haver uma política pública para esse tipo de caso.

Fonte: Com Informações da Ascom/Sinpolpi

Viatura do RONE capota em estrada e deixa policiais feridos em União

Três policiais do Rondas Ostensivas de Natureza Especial - RONE ficaram feridos após a viatura em que estavam capotar na estrada carroças no município de União a 65,1 km de Teresina. 

Segundo informações, os policiais estavam fazendo um patrulhamento pela região de União quando perderam o controle do veículo e capotaram

Uma viatura da Policia Militar de União foi até o local para dar suporte e os três policiais que sofreram o acidente foram levados para o Hospital Estadual de União com escoriações leves pelo corpo.

Fonte: Meio Norte.

Homem morre após colisão frontal entre carro e moto na BR-343

Um grave acidente envolvendo uma motocicleta e um carro modelo Montana na tarde deste domingo (16) deixou um homem morto na BR-343, saída de Altos sentido Teresina.

A vítima foi identificada pelas iniciais M.L.P morreu após colisão frontal da sua moto com o carro.

Segundo a Polícia Rodoviária Federal (PRF), dados preliminares demonstram como consequência do acidente desobediência às normas de trânsito.

A vítima fatal dirigia uma motocicleta Yamaha YBR 125 Factor com placas de Campo Maior. O carro tem a placa da cidade de Altos.

Fonte: Campo Maior em Foco / Meio Norte.

Jovem morre após ser atropelado por dois ônibus em Teresina

Um jovem de 22 anos identificado como Kaule de Lima Araújo, que trabalha como auxiliar em uma TV por assinatura morreu após ser atropelado por dois ônibus na manhã dessa segunda-feira (17), na avenida principal do Portal da Alegria, na zona Sul de Teresina.

Segundo informações repassadas pelo 17° Batalhão da Polícia Militar (BPM), o jovem seguia pela Avenida Francisca Marcolino Oliveira no sentido Porto Alegre e ao chegar no cruzamento com a Rua Josué da Costa Araújo, foi fazer uma conversão a direita foi colhido por ônibus.

A vítima caiu no asfalto e outro ônibus coletivo que vinha logo atrás atropelou a vítima que veio a óbito ainda no local.

A área foi isolada e a perícia técnica foi acionada. O IML (Instituto Médico Legal) fez a remoção do corpo.

Os moradores relatam que os acidentes no local são frequentes, pois não existe nenhum tipo de sinalização e não tem como identificar de quem é a preferencial na via.

Fonte: Meio Norte.

PI melhora e sobe mais 2 posições no ranking da competitividade

O Piauí continua crescendo entre as unidades da federação na competição para atrair investimentos. É que aponta o Ranking de Competitividade dos Estados 2018, realizado pela consultoria Tendências em parceria com o Centro de Liderança Pública (CLP). Segundo o estudo, o Piauí, que já havia subido um ponto entre 2016 e 2017, agora subiu mais dois pontos e passa a ser o 21º estado mais competitivo no Brasil.

A pesquisa da versão 2018 foi divulgada nesta semana e analisa todas as unidades federativas por meio de dez pilares/setores estratégicos, como infraestrutura, solidez fiscal, educação e potencial de mercado, entre outros.

Em 2018, o Piauí ultrapassou Bahia e Pará, e manteve-se também à frente dos estados: Amapá, Sergipe, Maranhão e Acre. O crescimento do Estado foi devido aos avanços de vários indicadores, como setores da educação, economia, segurança e administração pública.

No indicador custo de combustível, o Piauí subiu sua nota, entre 2017 e 2018, e passou de 61 para 81,5 pontos (numa escala de zero a 100), alcançando a 7ª posição no ranking. Na prática, isso significa que, entre as 27 unidades da Federação, o Piauí possui o sétimo melhor cenário na competição quando se considera o custo do combustível.

O Piauí também melhorou nos indicadores custo da energia elétrica (41,2 para 43,1), avança nas telecomunicações (28,2 para 28,3), saneamento básico (63,8 para 66,9), qualidade da energia elétrica (72,7 para 79,4).

Uma reclamação bastante comum dos empresários locais, a baixa qualificação da mão de obra local, está sendo combatida pelo Governo do Estado e isso também foi refletido no estudo. No indicador “População Economicamente Ativa com curso superior”, o Piauí disparou de 8,9 pontos para 24,6, passando da 22ª posição para a 18ª no ranking entre os 27 estados do Brasil.

A educação também tem apresentado melhorias, como os itens avaliação da educação, sendo o Piauí o primeiro lugar no Brasil; a melhoria no Ideb (passou do 19º para 18º no ranking) e oportunidade da educação (de 20º para 19º).

Na segurança pública, a nota do Piauí é melhor que a média do Brasil. Enquanto o estado nordestino teve 59,8 no pilar Segurança, o Brasil obteve 50,3. Assim, o Piauí fica na 12ª posição entre as 27 unidades federativas. Um dos setores que mais contribuíram para o Piauí ficar entre os primeiros foi o combate ao déficit carcerário, indicador que o Piauí subiu de 10º para 7º no ranking nacional.

Por fim, mesmo com as dificuldades financeiras que atingem o Brasil desde 2015, o Piauí tem conseguido manter um bom equilíbrio na administração pública. No subitem solvência fiscal (capacidade do Estado honrar seus compromissos), o Piauí cresceu quatro posições, passando de 14º para 10º lugar.

No subitem “índice de Transparência”, aquele em que mede a facilidade do acesso da população aos gastos públicos, o Piauí subiu da 21ª para a 15ª posição.

Fonte: Meio Norte.

IDH do Brasil fica estagnado, e país ocupa 79ª posição

 O IDH (Índice de Desenvolvimento Humano) do Brasil subiu 0,001 ponto em 2017 na comparação com 2016 chegando a 0,759 numa escala que varia de 0 a 1 -quanto mais próximo de 1, maior o desenvolvimento humano. As informações são da Agência Brasil.

De acordo com o Pnud (Programa das Nações Unidas para o Desenvolvimento), um incremento de 0,14% na renda média per capita do brasileiro garantiu que o país continuasse avançando, mesmo timidamente, no desenvolvimento humano em 2017, apesar de as desigualdades no acesso da população à saúde, educação e perspectivas econômicas ainda persistirem.

O novo índice manteve o Brasil na 79ª posição no ranking que inclui 189 países. Na América Latina, o país ocupa o 5º lugar, perdendo para Chile, Argentina, Uruguai e Venezuela. O IDH brasileiro está acima da média regional da América Latina e Caribe, de 0,758.

AJUSTES

Quando o órgão inclui na conta um ajuste com relação a desigualdades de renda, saúde e educação, o IDH brasileiro despenca para 0,578.
O Brasil tem o 9º pior coeficiente de Gini -que mede exclusivamente a renda- na comparação mundial. Entre os países da América do Sul, o Brasil é o terceiro mais afetado por esse ajuste da desigualdade, ficando atrás do Paraguai e da Bolívia.

Na relação com dados colhidos desde 1990, o país registrou um crescimento de 0,81% da taxa anual do IDH, com acréscimo de mais de 10 anos na expectativa de vida, que passou a ser de 75,7 anos, e de 3,2 anos na expectativa de tempo de escolaridade de crianças a partir do ingresso nas escolas em idade regular. A média de estudos de adultos com 25 anos ou mais passou de 3,8% para 7,8% e a renda dos brasileiros neste mesmo período cresceu 28,6%.

MUNDO

Noruega (0,953), Suíça (0,944), Austrália (0,939), Irlanda (0,938) e Alemanha (0,936) lideram o ranking com os melhores resultados. Os cinco últimos países no ranking são: Burundi (0,417), Chade (0,404), Sudão do Sul (0,388), República Centro-Africana (0,367) e Níger (0,354).

A Irlanda registrou um dos maiores crescimentos ao subir 13 posições de 2012 para 2017. Violência, conflitos armados e crises internas fizeram com que países como Síria, Líbia, Iêmen e Venezuela registrassem as maiores quedas do índice, respectivamente, 27, 26, 20 e 16 posições.

Considerando a realidade de 1990, o IDH global aumentou 21,7% e o número de países classificados como de "muito alto desenvolvimento humano" aumentou de 12 para 59 e os de "baixo desenvolvimento humano" caiu de 62 para 38 neste período.

A expectativa de vida das pessoas, ao nascer, passou de 65,4 anos em 1990 para 72,2 anos em 2017 e mais de 130 países conseguiram universalizar as matrículas de crianças no ensino primário. Entretanto, assim como no Brasil, os avanços são ameaçados pelas desigualdades entre países ou até internamente. Mundialmente, a diferença na distribuição de renda chega a 22,6%, enquanto as desigualdades nos ganhos em educação são de 22% e em saúde, 15,2%.

O aumento da expectativa de vida para toda a população também não pode ser confundido, segundo o Pnud, com qualidade de vida. Em média, as pessoas em todo o mundo têm 87% da sua vida com saúde relativamente boa, segundo a estatística, mas, "muitas enfrentarão desafios de saúde nos últimos anos de vida", destacou o programa apontando a realidade dos países de baixo IDH.

Fonte: Cidade Verde.

Olimpíada de Matemática: 900 mil estudantes devem participar

Mais de 900 mil estudantes do 6º ano do ensino fundamental ao 3º ano do ensino médio participam amanhã (15) da segunda fase da Olimpíada Brasileira de Matemática das Escolas Públicas (Obmep). A prova terá início às 14h30, no horário de Brasília.

A Obmep é considerada a maior competição científica do país e tem por objetivo estimular o estudo da matemática e o interesse dos estudantes pela área. Ao todo, participam mais de 50 mil escolas públicas e privadas do país. Foram classificados para esta segunda fase os 5% dos competidores mais bem colocados de cada colégio.

Ministério da Educação (MEC) recomenda que os estudantes classificados cheguem ao local da prova com pelo menos 30 minutos de antecedência. É necessário apresentar documento original de identificação, como carteira de identidade, certidão de nascimento ou carteira escolar, e o cartão informativo da Obmep.

Tanto o cartão para impressão, quanto informações sobre os locais de prova estão disponíveis na página da competição na internet. A pasta diz ainda que é imprescindível levar lápis, borracha e caneta.

A prova da segunda fase é discursiva e composta por seis questões valendo até 20 pontos cada. Ela é dividida de maneira diferenciada por níveis – o nível 1, para os 6º e 7º anos do ensino fundamental; o nível 2, para o 8º e 9º anos; e o nível 3, para o ensino médio.

Recorde de participação

Para a segunda fase da Olimpíada Brasileira de Matemática foram aprovados 952.839 alunos, a maioria deles, 906.688 estudantes, de escolas públicas. A primeira fase da Obmep teve a participação de 18,2 milhões estudantes de 54.496 escolas.

Segundo a organização, esta edição da Olimpíada teve um número recorde de estabelecimentos de ensino inscritos, o que representou um envolvimento de 99,4% dos municípios brasileiros na competição.

O evento é promovido pelos ministérios da Educação e da Ciência, Tecnologia, Inovações e Comunicações (MCT) e realizado pelo Instituto de Matemática Pura e Aplicada (Impa), com apoio da Sociedade Brasileira de Matemática (SBM).

Fonte: Isto é / Meio Norte.

136 municípios do Piauí não atingiram meta de vacinação contra pólio e sarampo

Levantamento divulgado nesta quarta-feira (12) pelo Ministério da Saúde mostra que o Piauí não atingiu, em 136 municípios, a meta de  vacinar pelo menos 95% das crianças de um a menores de cinco anos contra o sarampo e a poliomielite . Faltam apenas 3 dias para o término da Campanha Nacional de Vacinação. Nem a capital Teresina conseguiu o feito, já que vacinou menos de 80% das crianças.

Há cidades no estado que atingiram pouco mais de 50% de cobertura, como em Pajeú do Piauí. Outras passaram de 60% como Barreiras, Cajazeiras, Curral Novo

Em todo o estado, foram aplicadas mais de 345.609 mil doses das duas vacinas. Dados preliminares do Sistema de Informação do Programa Nacional de Imunização (SI-PNI), alimentado pelos estados, apontam que o estado do Piauí vacinou 87,71 do público-alvo contra a pólio e 87,40% contra o sarampo. 

A média nacional de vacinação está em 94%. Foram aplicadas em todo país cerca de 20,8 milhões de doses das vacinas (10,4 milhões de cada vacina). Onze estados e mais de 4 mil (72%) municípios atingiram a meta. Mas cerca de 1.500 cidades ainda devem buscar alternativas para vacinar 95% do público-alvo até a sexta-feira (14), quando se encerra a Campanha Nacional de Vacinação.

Na faixa etária de 3 e 4 anos, a cobertura vacinal está acima da meta, com 96,95% e 95,44%, respectivamente. A maior preocupação é com faixa de um ano de idade, cuja cobertura ainda está em 85,45%. 

O sarampo e a poliomielite são doenças infectocontagiosas que podem resultar em complicações graves para as crianças, além de levar até a casos de morte. 

Fonte: Cidade Verde.

Motorista perde controle e veículo cai em barranco no Norte do PI

Um casal de vendedor sofreu um acidente na manhã desta terça-feira (11) na rodovia PI-225 que liga a BR-316 ao Santuário de Santa Cruz dos Milagres.

O acidente ocorreu após o veículo modelo Volkswagem Saveiro sair da pista e cair em um barranco às margens da rodovia no trecho entre as cidades de São Miguel da Baixa Grande e São Félix do Piauí.

O casal seguia para Santa Cruz dos Milagres paraparticipar do festejo daquele município.Segundo informações, o motorista perdeu o controle, saiu da pista caindo em uma ribanceira. Suspeita-se que ele teria dormido ao volante no momento do acidente. O casal não ficou ferido.

O veículo estava carregado com mercadores e foi retirado com auxílio de caminhão pipa e ajuda de populares.

Fonte: Meio Norte.

Homem morre após sofrer descarga elétrica em poste e cair em Teresina

Um homem morreu no início da tarde desta terça-feira (11/09) após ser eletrocutado e cair de cabeça no chão. O caso aconteceu no bairro Dirceu Arcoverde II, Zona Sudeste de Teresina.

Segundo testemunhas, José William de Araújo, de 34 anos, subiu em um poste para fazer uma ligação clandestina quando recebeu uma descarga elétrica. Ele não usava nenhum equipamento de segurança.

O homem teve o crânio rachado após cair no chão e morreu no local. O Samu chegou a ser chamado, mas sua morte foi constatada. O corpo foi encaminhado para o Instituto Médico Legal.

A Eletrobras Piauí emitiu uma nota:

A Eletrobras Distribuição Piauí lamenta o acidente fatal que ocorreu, hoje (11), com um consumidor que estava realizando auto-religação em unidade consumidora que havia sido cortada por inadimplência. A Distribuidora adverte a população para, em hipótese alguma, intervir na rede elétrica. Somente pessoas autorizadas e habilitadas pela Eletrobras Piauí podem executar esse tipo de serviço. A intervenção na rede elétrica sem autorização, além de crime, é extremamente perigosa.

Fonte: 180 Graus.

Piauí atinge maior safra de sua história

O Piauí encerrou a safra deste ano atingindo a maior produção de sua história, com 4,263 milhões de toneladas de grãos, com um aumento de 17% em relação à safra agrícola do ano passado, que foi de 3,645 milhões de toneladas, divulgou, na manhã de terça-feira, a Companhia Nacional de Abastecimento (Conab).

O Piauí também bateu recorde histórico ao plantar 1,534 milhão de hectares este ano, 3,9% superior à área plantada na safra do ano passado, que foi de 1,476 milhão de hectares.

A produção brasileira de grãos fechou o ciclo 2017/2018 com produção estimada em 228,3 milhões de toneladas. O número confirma a colheita como a segunda maior do país, atrás apenas que a registrada na safra passada. A área manteve-se próxima à estabilidade, com ligeira alta de 1,4%, passando de 60,9 milhões de hectares para 61,7 milhões de hectares. Os dados estão no 12º levantamento da safra feito pela Companhia Nacional de Abastecimento.

No Piauí, a produção do algodão em caroço foi de 27,7 mil toneladas este ano, com um crescimento de 40,6% em relação à safra do ano passado, que foi de 19,7 mil toneladas.

A produção do algodão em pluma neste ano passado fechou em 11,9 mil toneladas no Piauí, com um crescimento de 40% em relação á safra do ano passado, que foi 8,5 mil toneladas.

No Piauí, para o arroz irrigado primeira e segunda safra, houve um pequeno aumento de área na ordem de 2,6% em relação à área da safra passada, com esse aumento a área deve atingir 5,3 mil hectares.

Para o arroz de sequeiro houve um incremento de 9,2% da área em relação à safra passada, com área de 65,5 mil hectares. Esse aumento de área ocorreu na região de cerrado referente à agricultura empresarial e na região norte do estado referente a agricultura familiar.

O arroz irrigado primeira safra e o arroz de sequeiro se encontra com a área total plantada, o plantio na região sudoeste (cerrado) ocorreu entre a segunda quinzena de dezembro e a primeira de janeiro, já na região norte e centro-norte, onde se concentram as maiores áreas de arroz no estado, o plantio ocorreu entre a segunda quinzena de janeiro e a primeira de fevereiro.

Dessa forma, as lavouras de sequeiro se encontram totalmente colhidas, já as lavouras irrigadas estão em fase final de colheita.

A produtividade normal esperada para o arroz irrigado primeira e segunda safras é de 4.478 kg/ha, já para o arroz de sequeiro a produtividade obtida foi de 1.443 kg/ha, representando um aumento de 4,3% em relação à safra anterior.

O feijão-caupi é o terceiro tipo de feijão mais cultivado na primeira safra brasileira e tem sua produção concentrada no Nordeste, em especial no Piauí e na Bahia. A área e a produção nacional de feijão-caupi diminuíram 10,3% e 3,3%, respectivamente.

No Piauí, as condições climáticas foram favoráveis ao desenvolvimento da cultura do feijão-caupi, principalmente se for comparada com as condições apresentadas em 2016/17.

Assim sendo, a produtividade média obtida foi 31% maior do que àquela da temporada passada, contribuindo para tornar o estado o principal produtor desse tipo de feijão na primeira safra brasileira com uma produção de 90,3 mil toneladas (35,8% maior do que a produção da temporada anterior).

A produção total do feijão no Piauí, em todas as safras do ano passado, ficou 93,6 mil toneladas neste ano, com um aumento de 33,1% em relação à safra do ano passado, que ficou em 70,3 mil toneladas.

No Piauí observou-se um aumento na área de milho primeira safra na ordem de 1,7% em relação à safra passada, totalizando 425,3 mil hectares, que foram totalmente colhidos.

De uma forma geral, a safra experimentou boas condições climáticas em praticamente todas as regiões do estado, confirmando uma boa produtividade obtida. Dessa forma, a produtividade obtida do milho ficou em 3.309 kg/ha, apresentando uma variação positiva de9% em relação à safra passada.

Esse número confirma a expectativa inicial dos produtores principalmente no cerrado, onde o clima foi benéfico, as chuvas bem distribuídas, a incidência de pragas e doenças baixas, não apresentando dificuldades de controle.

No Piauí ocorreu aumento de área na ordem de 28,3% em relação à safra passada, totalizando 63,2 mil hectares.

Conforme previsto, o plantio se iniciou a partir do dia 15 de fevereiro e se estendeu até o início de abril.

As últimas chuvas que ocorreram na região, com boa intensidade e de abrangência geral, foram ainda na primeira quinzena de abril, após isso, apenas chuvas isoladas e de baixíssimo volume, o que prejudicou o desenvolvimento da cultura e diminuiu consideravelmentea produtividade devido ao estresse hídrico.

A produtividade obtida foi de 1.289 kg/ha, correspondendo a uma redução de 45,5% em relação à safra passada.

A produção total do milho no Piauí neste ano ficou em 1,488 milhão de toneladas, com um aumento de 7,4% em relação à safra do ano passado,que foi de 1,386 milhão de toneladas. ´

A produção da soja no Piauí também bateu recorde histórico ficando em 2,638 milhões de toneladas, com um crescimento de 23,9% em relação ao ano passado, quando a safra foi de 2,048 milhões de toneladas.

No Piauí ocorreu aumento na área de soja de 2,4% devido ao retorno das áreas ocupadas por milho na safra passada, totalizando 710,5 mil hectares.

A lavoura de soja já está finalizada em todo o estado. Os grãos colhidos possuem boa qualidade, apesar de ter ocorrido uma diminuição do acumulado de chuva em todas as regiões do estado em março. Isso, porém, não prejudicou o desenvolvimento das lavouras nem impactou sua produtividade. Durante todo o período de desenvolvimento da lavoura houve baixíssima incidência de pragas e doenças, que permitiu um controle relativamente fácil com poucas aplicações.

A utilização da tecnologia em sua plenitude, além do excelente regime climático, contribui para os ótimos resultado.

A soja segue como importante destaque entre as culturas analisadas, apresentando crescimento de área e produtividade. O espaço destinado ao grão nas lavouras cresceu, sobretudo, em áreas destinadas à produção de milho 1ª safra, devido a melhor rentabilidade ao produtor. Além disso, as condições climáticas foram favoráveis à cultura, apesar de a estiagem ter atrasado o plantio. Com isso, a oleaginosa registrou produção recorde, chegando a uma colheita de 119,3 milhões de toneladas.

Com o mercado favorecendo ao produtor, o algodão é outro destaque positivo nesta safra. E com uma área plantada de 1,17 milhão de hectares, o que representa um crescimento de aproximadamente 25%, e uma produtividade (algodão em caroço) de 4.267 quilos por hectare, o produto registra produção de 5 milhões de toneladas.

O desempenho da safra atual só não foi melhor devido à produtividade que registrou queda em nível nacional de 5,2%, impulsionada, principalmente, pelo desempenho do milho segunda safra em quase todas as regiões brasileiras. Segundo análise da Conab, o atraso no plantio da soja fez com que os agricultores perdessem a janela ideal para plantar, o que gerou impacto direto na produtividade. Além disso, a área destinada para o grão também diminuiu, uma vez que as condições de mercado não estavam tão favoráveis como em outros anos.

Na Região do Matopiba, o prognóstico climático indica maior probabilidade de chuvas dentro ou abaixo da faixa normal do trimestre na maior parte da região.

Contudo, do mesmo modo que no Centro-Oeste, o trimestre no Matopiba é caracterizado por ser tipicamente menos chuvoso e a previsão apenas reforça a condição de baixa precipitação.

No Piauí,na região sul, as últimas chuvas na região ocorreram em abril. Com isso, o acumulado de chuva até a última semana de julho se manteve em torno de 1.000 mm.

Na região do semiárido, o volume de precipitação reduziu bastante, segundo o prognóstico do Instituto Nacional de Meteorologia – Inmet. Já na região norte, o período chuvoso se encontra com chuvas regulares.

Fonte: Meio Norte.

Motorista morre após tombar caminhão carregado de madeira na PI-143

O motorista de um caminhão identificado como Vanilson de Oliveira Filho, mais conhecido como 'Marron' morreu na manhã desta terça-feira (11) em um grave acidente na PI-143, no trecho entre os municípios de Conceição do Canindé e Jacobina, região Sul do Piauí.

Segundo informações, o motorista dirigia um caminhão Ford de placa KHN 8224 de Santa Cruz do Capibaribe-PE, carregado de madeira, quando perdeu o controle do veículo numa curva próximo ao povoado Vila Pedra Redonda.

O motorista teria cochilado ao volante e por isso o caminhão tombou na curva.

Fonte: Cidade em Foco / Meio Norte.

Pontos de exploração de atividades sexuais são interditados em Teresina

Uma ação da Polícia Militar e da Superintendência de Desenvolvimento Urbano (SDU) Centro/Norte interditou dois estabelecimentos que exploram atividades sexuais no Centro de Teresina.

Um dos locais é o 70 Drinks, que ficam em frente a Praça Saraiva e um dos mais tradicionais pontos de prostituição de Teresina.

O outro local é um Cine Vídeo, que exibe filmes pornográficos e também é um local de práticas sexuais.

Os locais foram interditados por não terem licença de funcionamento e nem condições mínimas de higiene, além das estruturas precárias.

O locais poderão ser reaberto caso cumpram as exigências de licenciamento.

Fonte: 180 Graus.

Aluna denuncia que foi expulsa de sala por usar colares de umbanda  em Teresina

Uma estudante de 15 anos registrou boletim de ocorrência na Delegacia de Defesa e Proteção dos Direitos Humanos e Repressão às Condutas Discriminatórias contra um professor de Matemática da escola municipal Professor Ofélio Leitão no bairro Esplanada, zona Sul de Teresina.  A jovem  denuncia que foi expulsa da sala de aula por estar usando guias, colares de contas utilizados por adeptos da umbanda.

A aluna, que é umbandista, descreve que chega a esconder os colares em baixo do uniforme para evitar comentário, mas desta vez, como as contas apareceram pela farda e geraram uma discussão que culminou com sua expulsão de sala. 

”Eu estava no intervalo quando meus fios de conta apareceram por baixo do uniforme. Um amigo meu olhou e ficou pegando. Eu falei: ’Não pode pegar porque minhas guias contém energias espirituais’. O professor que estava perto olhou e falou: ‘Não toca nela que ela está cheia de macumba’, e meus colegas já ficaram olhando torto. Na hora fiquei bem constrangida e não consegui falar nada. Na entrada da sala eu já estava bem envergonhada e fiquei meio triste na aula de cabeça baixa. Foi quando ele falou: "Saia da minha sala, você parece que está dormindo", ele disse. Eu falei que não e ele insistiu: ‘saia não quero saber, vaza, caia fora”. Eu ainda disse que ele precisava respeitar os alunos, e ele respondeu: ‘não vou respeitar ninguém e se você quiser me processar pode processar, já tenho 12 processos nas costas, mais um não vai me fazer falta’”, descreve a jovem.

Abalada, a jovem informa que chegou a procurar a diretoria da escola que a orientou apenas a “procurar pelos seus direitos”, disse. A jovem usa sete colares de contar, que segundo os preceitos da religião, devem ser usados 24h após o batismo.

Dificuldades para registrar

A advogada da jovem, Sabrina Rafaela, alerta também para a dificuldade que a adolescente encontrou para registrar a denúncia de preconceito. Orientadas pela OAB, elas procuraram a Delegacia de Proteção a Criança e o Adolescente, mas começaram lá as resistências quanto a competência. “Fomos a DPCA porque ela é menor, tem 15 anos, lá tivemos uma resistência porquê a competência seria da Delegacia de Direitos Humanos, chegamos aqui e tivemos outra resistência sobre a competência. Ficamos aqui um tempo e no final das contas o delegado optou por registrar o boletim de ocorrência que será enviado para a corregedoria, que irá declinar quem é a delegacia competente para poder realmente começar a investigação” pontuou a advogada.

Jovem já tentou suicídio

Batizada há cerca de uma semana, Laysa descreve que a religião (umbanda) tem a ajudado a superar a depressão e os problemas que sofria em consequência da doença. Ela lamenta que ainda exista preconceito contra práticas religiosas e afirma que só se sente feliz em sua prática religiosa. “Eu tentei me suicidar e não estava muito bem. Eu tinha depressão por conta dos meus problemas e minha mãe me ajudou e me levou. Na religião eu me encontrei e é lá que sou feliz e me encontrei. Sou muito feliz emuito grata ao meu pai de santo e aos guias espirituais”, completa.

Preconceito constante

O pai de santo que comanda o terreiro frequentado pela jovem, afirma que pelo menos outras 100 pessoas frequentam o seu espaço, a grande maioria adolescentes como Laysa. Segundo ele, casos de preconceito contra adeptos da religião se tornaram comuns.

“É bem comum. Já houveram casos em ônibus, em vários ambientes, mas são casos isolados. Nossa equipe sempre procura se informar com advogados para tomar as providências. Sempre vamos procurar informações para tomar medidas cabíveis. Daqui há dois dias ela vai se deparar na mesma escola, com o mesmo professor e é uma situação constrangedora, ninguém sabe o que uma pessoa dessa pode fazer movido por intolerância. Vamos lutar a família toda e dar o apoio psicológico, moral e da família e amigos”, pontuou Pai Bruno de Ogum

Quarta-feira a jovem retornará as aulas com o mesmo professor, e ela afirma que senão se sente intimidada pelo problema. “Eu vou firme e forte, vou agir naturalmente e apenas me retirar se for o caso”, concluiu.

Semec se posiciona

A Secretaria Municipal de Educação (Semec) se posicionou através de nota onde se declara contra qualquer tipo de preconceito e declara que vai acompanhar o caso. Leia a nota na íntegra

A Secretaria Municipal de Educação (Semec) está acompanhando o caso ocorrido na Escola Municipal Ofélio Leitão e deixa claro que repudia toda forma de preconceito ou intolerância religiosa. O professor afirma que a aluna não foi retirada de sala de aula pelo fato de usar um acessório religioso, mas por estar dormindo durante a aula. A Semec destaca ainda que possui uma gerência específica para dialogar com gestores, professores, alunos e famílias sobre os mais diversos temas sociais, a fim de buscar entendimento sobre as diferentes formas de expressão do indivíduo.

Fonte: Cidade Verde.

Operação: PRF flagrou 815 veículos com excesso de velocidade no PI

A Polícia Rodoviária Federal do Piauí divulgou na manhã desta segunda-feira o resultado final da Operação Independência que ocorreu do dia 06 ao dia 09 de setembro nas rodovias federais que cortam o estado.

Foram registrados neste período 18 acidentes que resultou em 17 pessoas feridas e uma morte.

Com relação às autuações, foram feitas 22 por alcoolemia, 197 por condutor ou passageiro sem o uso do capacete, 157 ultrapassagens indevidas e 815 autuações por excesso de velocidade.

Segundo a PRF, as 22 autuações por alcoolemia, resultaram na detenção de cinco pessoas, uma pessoa também foi detida por uso de documento falso e outra em cumprimento de mandado de prisão.

Em toda a operação foram fiscalizadas 1.351 pessoas. O total de veículos fiscalizados foi de 1.339 e foram realizados 737 testes de alcoolemia. Abordagens educativas foram 441.

Fonte: Ascom

Polícia Rodoviária Federal restringirá trânsito de veículos pesados em estradas

Devido ao esperado aumento do número de veículos nas estradas por causa do feriado de 7 de Setembro, a Polícia Rodoviária Federal (PRF) vai limitar o trânsito de veículos pesados com excesso de carga ou dimensões em estradas federais de pista simples. A medida faz parte da Operação Independência, iniciada à 0h de desta quinta-feira (6) e que se estenderá até as 23h59 do próximo domingo (9).

A restrição para os veículos com excesso de carga ou dimensões será imposta entre as 16h e as 22h desta quinta; das 6h às 12h de sexta-feira (7) e das 16h às 22h de domingo. Além disso, a vigilância será reforçada nos trechos que a própria instituição identifica como mais perigosos.

O principal objetivo da Operação Independência é contribuir para reduzir o número de acidentes nas estradas e garantir a segurança e a fluidez do trânsito. Também serão realizadas ações operacionais direcionadas para o combate à criminalidade.

Durante os quatro dias de operação, policiais rodoviários serão distribuídos por pontos estratégicos com centenas de radares portáteis e mais de 2 mil bafômetros (etilômetro).

Segundo a PRF, os radares serão distribuídos em intervalos irregulares, a fim de surpreender os motoristas que não respeitarem os limites de velocidade e as regras de trânsito. A medida, segundo a instituição, é uma forma de coibir um comportamento frequente: muitos condutores, após perceberem que passaram por uma fiscalização de radar, voltam a acelerar e ultrapassar o limite da via.

“Com o sistema de radares sequenciados, estes motoristas tenderão a tomar mais cautela, pois criarão a expectativa de serem flagrados por excesso de velocidade a qualquer momento e, assim, os riscos de acidentes diminuem”, sustenta a PRF, em nota.

Fonte: Com informações da Agência Brasil

Jair Bolsonaro leva facada durante campanha em Minas Gerais

O candidato do PSL à presidência, Jair Bolsonaro, levou uma facada na região do tórax durante um ato de campanha em Juiz de Fora (MG), segundo informações da PM, por volta de 15h40 desta quinta-feira, 6. Um suspeito foi preso.


No momento da confusão, Bolsonaro estava sendo carregado nos ombros por um apoiador de sua campanha, fazendo corpo a corpo com eleitores, na região do Parque Halfald. Enquanto ele acenava para os simpatizantes de sua candidatura, uma pessoa se aproximou dele e, supostamente, deu uma facada no presidenciável.

De acordo com um dos filhos de Bolsonaro, o deputado estadual Flavio Bolsonaro, o ferimento foi superficial e o candidato passa bem. Em entrevista à GloboNews, ele afirmou que o pai levou seis pontos.

O presidenciável foi levado para a Santa Casa de Misericórdia de Juiz de Fora. O hospital não informou o estado de saúde do candidato.Há suspeita de lesão no fígado e na alça intestinal. Até a última atualização desta reportagem, Bolsonaro estava sendo operado.

Em nota, a Polícia Federal afirmou: "[Bolsonaro] contava com a escolta de policiais federais quando foi atingido por uma faca durante um ato público na cidade de Juiz de Fora (MG). O agressor foi preso em flagrante e conduzido para a Delegacia da PF naquele município. Foi instaurado inquérito policial para apurar as circunstâncias do fato".

Fonte: O Globo.

Mãe denuncia castigo violento em escola municipal de Barras

Uma mãe fez uma denuncia grave ao Cidadeverde.com: o filho de seis anos, matriculado no jardim II na Escola Municipal Auricélia do Nascimento Reis, no município de Barras, está sem ir para a escola por medo. A mãe também está com receio da criança frequentar a escola, e algo mais grave vir a acontecer. 
 
Ele relatou a mãe, e outras pessoas confirmaram, que uma funcionária o teria colocado de castigo de maneira violenta. A criança também sofreu violência psicológica. A mãe entrou em contato com o site na segunda (03).
 
“No dia 16 de agosto, ela colocou meu filho de castigo em pé porque não queria fazer a tarefinha, ele tinha amassado. Ela colocou meu filho em pé com as mãos na mesa e só tirou minutos depois, quando as pernas dele já estavam tremendo. E ela falou isso na minha cara”, disse a mãe, que preferiu não se identificar.
 
“No dia 21 de agosto, ela pegou uma cadeira e imprensou no pescoço dele contra a parede. Não ficou marquinha. Eu acho que ele estava estressado, agitado, ele não a obedeceu, mas isso não é atitude de uma profissional com aluno nenhum. Meu filho está com 15 dias que não vai pra escola. Não tenho mais segurança de enviar ele”, relatou a mãe.
 
A mãe buscou por ajuda do Conselho Tutelar, que a acompanhou na ajuda psicológica. O Cidadeverde.com tentou contato com os conselheiros tutelares do município, mas as ligações não foram atendidam nem retornadas. 

“Eles só encaminharam o meu filho pra psicóloga. Meu filho não quer voltar para escola com medo dela. Agora, ela (funcionária) está lá trabalhando e o meu filho em casa sem estudar. Fui atrás de algumas autoridades, e nada, nenhuma providência foi tomada. Estou aqui esperando e nada. Não queria chegar a esse ponto, mas meu filho precisa estudar”, lamentou a mãe.
 
“Ele é só uma criança, eu sou mãe, assim como eu nenhuma mãe aceitaria passar por isso. Eu fico triste, nervosa com tudo isso”, desabafou. 
 
Resposta da Prefeitura

A Secretaria Municipal de Educação (Semec) afirmou que tomou conhecimento da situação após contato do Cidadeverde.com. Foi enviada uma equipe até a casa da família para entender a situação na segunda (03).  Uma primeira reunião foi realizada nesta terça-feira (04) e uma segunda marcada para o dia 10 de setembro, quando a criança retornará para a escola.

A Semec afirmou que a criança receberá acompanhamento psicológico junto com o escolar. Existe a suspeita da criança ser hiperativa. 

“A mãe esteve aqui e até pediu desculpas porque não sabia como procurar a gente para falar sobre o caso. Na segunda vamos fazer uma nova reunião com a família, e a gestão e professores da escola para o retorno da criança. A criança é um pouco hiperativa, mas não tem diagnóstico, mas haverá o acompanhamento psicológico para constatar isso. Ele terá ajuda na ressocialização”, explicou a secretária de Educação em Barras, professora Lourdes Moraes. 

Nesta semana, a criança terá sessão com a psicóloga e, por isso, o retorno ficou marcado para a segunda (10). “Apesar disso, as tarefas serão enviadas para a casa da criança para que ela acompanhe as atividades”, assegurou a secretária. 

Fonte: Cidade Verde.

Criança de 2 anos morre e pais ficam feridos em acidente na BR-135

Um grave acidente registrado na BR-135 entre os municípios de Santa Luz e Bom Jesus, região do extremo Sul do Piauí, vitimou um menino de apenas dois anos de vida. O acidente ocorreu por volta das 09h da manhã desta terça-feira (04/09) próximo de um povoado de nome Baixão das Ovelhas.

Informações publicadas no Portal B1, repassadas por populares que passavam no local, são de que a criança seguia viagem com os pais para Serra Talhada (PE). 

Uma carreta carregada com milho colidiu com o veículo da família. O corpo do menino ficou preso nas ferragens. 

O Serviço de Atendimento Móvel de Urgência (SAMU) foi acionado e os pais atendidos no Hospital Regional de Bom Jesus. Não há informações sobre o estado de saúde do casal e nem com relação ao motorista da carreta. As causas do acidente ainda serão analisadas pela perícia.

Fonte: Meio Norte.

Corpo de homem é encontrado às margens do Rio Poti em Teresina

O corpo de um jovem de aproximadamente 20 anos, ( ainda não identificado) foi encontrado na manhã desta terça-feira (04) nas margens do Rio Poti, na altura da Avenida Raul Lopes  nas proximidades da Newland, na zona Leste de Teresina. 

De acordo com informações, o corpo foi encontrado por populares que trafegavam pela região e acionaram o Corpo de Bombeiros por volta das 11 horas. Uma equipe do Corpo de Bombeiro esteve no local e realizou o resgate. 

O corpo não possui marcas de violência, a suspeita é de que a causa da morte tenha sido afogamento.

Após o resgate o corpo foi removido pela equipe do Instituto de Medicina Legal - IML. 

Fonte: Meio Norte.