Logotipo R10
Correios reajusta preço do serviço de despacho postal no país

A partir da próxima segunda-feira (5), o despacho postal será reajustado dos atuais R$ 12 para R$ 15. Segundo os Correios, o valor do serviço não sofreu nenhuma alteração desde a sua implantação, em outubro de 2014. O cálculo do reajuste é baseado na variação dos custos, tendências do mercado e evolução do cenário comercial de livre concorrência.

O despacho postal é o valor pago pelos importadores em razão da prestação dos serviços de suporte postal e apoio administrativo às atividades de tratamento aduaneiro e tem o objetivo de cobrir os custos com o processo de recebimento dos objetos, inspeção de raio X, armazenagem, recolhimento dos impostos, comunicação com destinatário e remetente, além da devolução da encomenda quando o destinatário não realiza o pagamento dos tributos.

Desde 22 de janeiro de 2018, todas as encomendas internacionais cuja declaração de importação for registrada na plataforma eletrônica "Minhas Importações" estarão sujeitas à cobrança do serviço de despacho postal, independentemente de serem tributadas pela Receita Federal.

Minhas Importações

Em dezembro de 2017, os Correios concluíram a implantação do novo modelo de importação, criado em parceria com a Receita Federal. Agora, os três centros internacionais da empresa, no Paraná, Rio de Janeiro e em São Paulo, utilizam a nova plataforma eletrônica de desembaraço aduaneiro.

Com isso, os órgãos de controle realizam as fiscalizações de forma automática e o consumidor pode interagir eletronicamente durante todo o trâmite, enviando documentos complementares, solicitando revisão de tributos e realizando o pagamento dos impostos e serviços pela internet, de forma simplificada. Assim, cumpridas as exigências fiscais e aduaneiras de forma eletrônica, os Correios podem entregar a mercadoria diretamente no endereço do destinatário.

A plataforma proporciona maior velocidade e controle ao processo aduaneiro, além de oferecer maior transparência no relacionamento com os importadores, que passam a ter acesso a cada etapa do desembaraço por meio de interface com a plataforma eletrônica disponibilizada no site dos Correios.


Temer diz que já fez sua parte para aprovar Reforma da Previdência

Diante da busca incessante por votos para aprovar a Reforma da Previdência, o presidente Michel Temer (MDB) declarou que “já fez sua parte” pela proposta e que agora é preciso convencer a população para a adesão do Congresso às mudanças na aposentadoria.

“Já fiz a minha parte nas reformas e na Previdência”, disse Temer. “Agora é preciso convencer o povo, porque o Congresso sempre ecoa a vontade popular”, completou. Temer lembrou que tem participado de programas populares para tentar diminuir a resistência da população em torno do tema.

Segundo ele, o governo atual "aguenta" a Previdência Social sem reforma, mas, o mesmo não vai acontecer com os próximos governos. "É preciso um certo fechamento dessas reformas, com a da Previdência. Não é para o meu governo. Eu aguento a Previdência [sem reforma]. Houve um déficit de R$ 268 bilhões em 2017", disse o presidente. "A tendência é aumentar neste ano. Mas o meu governo aguenta. O que não vai aguentar são os próximos", completou Temer.

De acordo com informações da Veja, o presidente afirmou ainda que avaliará junto com o presidente da Câmara, Rodrigo Maia (DEM-RJ), se o texto será colocado em pauta no dia 19 de fevereiro, mesmo sem a certeza dos 308 votos necessários para a aprovação.

“Nós vamos insistir muito na reforma da Previdência. Agora, de fato, é preciso ter votos. Nós temos duas, três semanas para fazer a avaliação se temos votos ou não e depois decidimos se vamos votar de qualquer maneira ou não.”

Segundo o ministro-chefe da Casa Civil, Eliseu Padilha (MDB), se a reforma não for votada em fevereiro, o governo não tem a intenção de insistir nessa pauta indefinidamente. “Tem momentos em que a batalha tem de parar e achamos que é em fevereiro”, disse. “Se passar de fevereiro, não podemos ficar com essa pauta de forma indefinida. Mas estamos com fé de que vamos construir condições para votar a reforma em fevereiro.”

GP1.

Comandante da PM de Picos fala da falta de estrutura para combater assaltos

O comandante do 4º Batalhão da Polícia Militar de Picos, o coronel Edwaldo Viana, em entrevista ao Grande Jornal, falou da dificuldade da polícia trabalhar para combater assaltos à bancos no Piauí. Ele destacou que a estrutura que o Estado oferece é precária.

Viana disse que, apesar de a Polícia Militar não ter atribuições de fazer a segurança de bancos, esse trabalho se torna necessário por conta dos riscos que o cidadão sofre em agências desprotegidas.

“Apesar de nós não sermos responsáveis pela segurança de bancos, nós temos que dar a segurança, nós damos segurança ao banco porque têm cidadãos que transitam no banco, então nós temos que dar segurança ao cidadão. E nós sempre dizemos que o Banco do Brasil, apesar de ser uma instituição bilionária, eles não estão preocupados com a segurança, com seus clientes”, disse.

O coronel destacou que já solicitou ao Estado armamento e munições para poder trabalhar no combate a esse tipo de crime. Ele destaca que os assaltantes estão atuando de forma bem organizada e potencialmente armados.

Após o assalto que ocorreu no município de Jaicós – 55,3 km de Picos – na madrugada da última quarta-feira (31), Viana se reuniu com comandantes de para elaborar um plano de contingência para atuar nas 42 cidades que compreendem a região de Picos.

O objetivo é articular a comunicação com hotéis e pensões a fim de obter informações sobre hóspedes suspeitos, fazer um mapa dos locais que têm agências bancárias para criar estratégias de atuação.

O coronel fala que a Segurança no Piauí está cada dia mais falida e que se a situação permanecer como está, o estado pode se tornar semelhante ao Rio de Janeiro e Ceará, com relação a segurança.

OUTROS ASSALTOS

Em menos de uma semana, bancos de três cidades piauienses foram alvos de criminosos. Além do assalto à Jaicós, no dia 31 de janeiro, os municípios de Cocal e Angical do Piauí, ambas na região Norte do estado, sofreram explosões, neste final de semana, nas agências da Caixa e Banco do Brasil, respectivamente.

Fonte: grandepicos.meionorte.

Mulher tem parto 'apressado' em corredor de hospital; fotos

O bebê nasceu menos de 25 minutos após bolsa se romper

06 de fevereiro de 2018 09:49h Categoria: Giro da Notícia Comentários ()
Mulher tem parto 'apressado' em corredor de hospital; fotos

A fotógrafa Tammy Karin divulgou neste sábado (3) as imagens de um parto emocionante nos Estados Unidos: a mãe e o pai correram, mas não conseguiram chegar a tempo para ter o bebê no quarto de hospital. Precisaram ter o filho no corredor da emergência. O pequeno Maxwell realmente estava ansioso para chegar ao mundo. O parto ocorreu em 24 de julho do ano passado.

esica Wright Hogan, até então mãe de cinco meninas, conta que "desde o início, a gravidez de Max foi no mínimo imprevisível". Ela disse que ficou surpresa por ter tido poucas dificuldades até as 37 semanas. "Não era totalmente tranquila, mas muito mais que as minhas gravidezes anteriores", disse.

As contrações começaram no dia 19 de julho. Jesica relata, em post no blog da fotógrafa, que foi ao hospital por volta das 5h da manhã. As contrações ocorriam a cada 3 minutos, quando surgiram três centímetros de dilatação. "Achamos que estávamos nos estágios iniciais de receber o último bebê da nossa família", escreveu.

Depois de quatro horas de trabalho na banheira e caminhada pelos salões da emergência, ela e o marido decidiram manter o plano de um nascimento natural e livre de intervenção. Eles escolheram deixar o hospital, já que estavam sem progresso e as contrações ficaram mais espaçadas. Os dias seguintes foram de estimulação.

"Passamos os dias caminhando, indo para a piscina com nossas filhas e completando pequenos projetos ao redor da casa. Tive contrações temporárias todas as noites, que não me deixavam dormir", disse Jesica.

"Eu estava perdendo a fé de que o meu corpo soubesse o que estava fazendo. No domingo (23 de julho), passamos quase todo o dia na piscina e à noite ficamos com a minha sogra, pintando as unhas enquanto assistíamos 'Game of Thrones'", completou.

A mãe disse que chegou a avisar o marido que estava tendo novas contrações mais tarde, mas que elas não significavam muita coisa. Jesica ficou acordada até as 2h. Ela disse que chegou a escrever para um grupo de outras grávidas, se queixando das contrações e do medo de não chegar ao hospital a tempo.

"Ah, essa intuição é real. Se eu tivesse dado crédito para essa voz que estava na minha cabeça naquela noite! No lugar disso, decidi finalmente que iria dormir um pouco, certa de que saberia quando era a hora. Afinal, era meu 6º bebê", escreveu Jesica.

Ela acordou cerca de 1 hora depois, com uma longa contração. Disse ao marido: "Travis, acho que é isso". Pediu ajuda para sair da cama, quando a bolsa rompeu.

"Meu Deus, não vamos conseguir chegar. Vamos ter esse bebê em casa", disse no momento. Jesica relatou que as contrações passaram de "desconfortáveis" para "dolorosas em um piscar de olhos". Ela disse que o marido garantiu que conseguiriam chegar ao hospital. Ele desapareceu por poucos minutos, "que pareceram uma eternidade", quando voltou com a mala do bebê e o necessário para sair de casa.

O pai dirigiu rapidamente até o hospital e a mãe mandou uma mensagem para a fotógrafa, Tammy. Entre sair de casa após a bolsa romper e chegar ao hospital foram menos de 25 minutos. Quando chegou ao local, Jesica disse que pensou: "Deus, ele já está aqui".

"Comecei a tirar minhas calças porque podia sentir meu corpo empurrando a cabeça do bebê para fora. Abaixei minha mão e senti a cabeça saindo. Olhei para o meu marido e disse: 'Travis, vá pegá-lo'!"

As enfermeiras chegaram correndo, ajudaram Jesica a se deitar. Com mais um impulso e com mais ajuda, o resto do corpo do bebê saiu. Max foi colocado no peito da mãe. "Estava totalmente apaixonada pela pequena pessoa deitada em mim, e mais apaixonada pelo meu marido que não perdeu a calma e manteve a palavra ao me levar ao hospital".

Fonte: Com informações do G1


População de 27 cidades é protegida por apenas um PM por plantão no PI

A Rede de Controle da Gestão Pública, formada por membros dos órgãos de fiscalização do Estado, encaminhou uma representação ao Conselheiro-Presidente do Tribunal de Contas, Olavo Rebelo, questionando sobre a cessão de mais de 300 policiais militares a outros órgãos da Administração Pública do Estado do Piauí

No levantamento feito pela Rede de Controle, órgãos como a Assembleia Legislativa (ALEPI), Ministério Público (MPPI), o próprio Tribunal de Contas, dentre outros, contam em seu quadro de servidores policiais militares que, segundo consta na representação, ocasiona sério impacto nas ações de segurança pública adotadas pelo Governo do Estado do Piauí.

A representação destaca, ainda, que os servidores militares prestaram concurso público para o ingresso na PMPI com propósito de ”prestar segurança pública à população do estado e não para realizar serviços de guarda patrimonial em outros órgãos da Administração Pública, em flagrante desvio de finalidade e inequívoco prejuízo à população piauiense que clama pela prestação de serviços de segurança que possam lhe preservar a integridade física”.

Por fim, solicitam ao Tribunal de Contas a imprescindível adoção de medidas corretivas em prol de uma melhor prestação de serviços de segurança pública à sociedade piauiense e a realização de uma audiência pública para discussão da matéria, bem como uma auditoria na área de pessoal da Polícia Militar do Piauí.

A representação aborda alguns problemas como falta de policiamento em inúmeros municípios do estado e excesso de militares em orgãos público, como na Assembleia Legislativa do Piauí.

Conforme pesquisa realizada no sistema Infofolha verificou-se que 27 (vinte e sete) municípios do Estado possuem apenas um policial militar para fazer a segurança de toda a população. Veja as cidades:

AGRICOLÃNDIACAMPO GRANDE DO PIAUÍ VILA NOVA
ALEGRETE DO PIAUÍ CANAVIEIRA MATIAS OLÍMPIO 
ANTÔNIO ALMEIDACOCAL DOS ALVES MIGUEL LEÃO
BARREIRAS DO PIAUÍ CONCEIÇÃO DO CANINDÉ PADRE MARCOS
BELÉM DO PIAUÍ DOMINGOS MOURÃO RIBEIRO GONÇALVES
BENEDITINOS FRANCISCO AYRESSANTA CRUZ DO PIAUÍ
CABECEIRAS DO PIAUÍFRANCISCO SANTOSSÃO BRAZ DO PIAUÍ
CALDEIRÃO GRANDEMARCOLÂNDIATANQUE DO PIAUÍ
ALTO LONGÁMASSAPÊ VÁRZEA GRANDE

Informação como esta traz à tona uma realidade perversa para a população do estado do Piauí: enquanto o patrimônio da ALEPI está sendo guardado por mais de 150 policiais militares, a população inteira de 27 municípios do estado do Piauí está sendo protegida por apenas 1 policial militar.

Fonte: falapiaui.com.

Grupo sequestra motorista de ônibus, fecha BR-343 e explode banco em Angical

Um grupo de aproximadamente dez homens explodiu o cofre da agência do Banco do Brasil do município de Angical, a 130 km ao Sul de Teresina. A ação aconteceu por volta das 2h30 deste domingo (4). Antes, os bandidos sequestraram o motorista de um ônibus da empresa Líder que passava pela BR-343 e usaram o veículo para bloquear a estrada no sentido Regeneração. No sentido inverso, eles usaram dezenas de grampos no asfalto para impedir a passagem de carros.

De acordo com o comandante do Grupamento da PM de Angical, sargento Durval Miranda, o motorista do ônibus ficou em poder dos assaltantes enquanto o banco era arrombado. "Eles pegaram a Líder, pegaram o motorista de refém, interditaram a BR numa parte que não dava para passar nada no sentido Regeneração, além de jogarem grampos na estrada do balão de São Pedro no outro sentido”, relatou o policial.

Segundo o comandante, muitos carros que passavam pela estrada tiveram os pneus estourados, inclusive o da PM de Água Branca que foi chamado para dar apoio. “Estourou o pneu de muito carro, inclusive o da Força Tática que foi nos apoiar. O carro ficou logo lá. Fizeram os bloqueios tanto pra cima como pra baixo”, declarou.

O sargento disse ao Cidadeverde.com que a população que mora perto da agência relatou que os bandidos usavam armas longas e realizaram várias explosões. O gerente da agência garantiu à polícia que nada foi levado. “Um carro queimado foi encontrado na localidade Pau de Terra, a 2km  de Angical. É numa estrada  vicinal que sai no sentido Palmeirais. A polícia está colhendo informações”, destacou o comandante.

Dois policiais que estavam no ônibus relataram ao GPM de Angical que escaparam por pouco. “Vinham um cabo e um soldado no ônibus que escaparam por pouco. Eles nos disseram que os bandidos não entraram no ônibus. Foi a sorte deles”, relatou o sargento.

O motorista do ônibus, que seguia para a cidade de  São João do Piauí, e um vigilante noturno foram liberados logo após a ocorrência. Os passageiros ficaram no meio da estrada e não sofreram ferimentos. Ninguém foi preso até agora.

Cidadeverde.

Jovem é alvejado com três tiros pelo próprio amigo em Esperantina

A polícia segue em diligências para prender o suspeito.

04 de fevereiro de 2018 17:30h Categoria: Giro da Notícia Comentários ()
Jovem é alvejado com três tiros pelo próprio amigo em Esperantina

Neste sábado (03/02), um jovemidentificado apenas como Lucas ficou ferido após ser baleado pelo próprio amigo identificado por Rogério na zona rural da cidade de Esperantina. O crime aconteceu na localidade Tinguins, à cerca de 35km da sede do município.

De acordo com informações da Polícia Militar, o fato aconteceu por volta de 17h, quando Lucas teria se desentendido com Rogério que por sua vez sacou um revólver e desferiu três tiros contra o próprio amigo. Dois disparos atingiram o abdômen e o outro o braço da vítima. Ainda segundo a polícia, eles andavam juntos e estavam de saída de moto para Esperantina.

A vítima foi encaminhada às pressas para o setor de urgências do Hospital Estadual Dr. Júlio Hartman e devido a gravidade dos ferimentos e o fato da vítima estar inconsciente, foi transferido para o Hospital Dirceu Arcoverde no município de Parnaíba, litoral do estado.

A Polícia informou que ainda não sabe o que motivou o desentendimento, mas continua em diligências para capturar o autor dos disparos que está foragido.

Fonte: Com informações do Revista Az.

Após reforma, ações trabalhistas caem mais de 50% em todo o país

O levantamento foi realizado pelo Tribunal Superior do Trabalho

04 de fevereiro de 2018 17:28h Categoria: Giro da Notícia Comentários ()
Após reforma, ações trabalhistas caem mais de 50% em todo o país

Após estimular, antes de entrar em vigor, uma corrida à Justiça do Trabalho, a reforma trabalhista fez despencar o número de processos ajuizados em varas trabalhistas assim que as mais de 100 alterações promovidas na Consolidação das Leis do Trabalho (CLT) começaram a valer.

De um total mensal que costumava passar com facilidade da casa de 200 mil, as ações recebidas em primeira instância por tribunais trabalhistas de todo o país caíram para 84,2 mil em dezembro, primeiro mês completo da nova legislação.

Além de não ser nem metade do volume processual registrado nos meses de dezembro de 2015 e de 2016, o número do último mês do ano passado é o menor num levantamento feito pelo Tribunal Superior do Trabalho (TST) com exclusividade para o Estadão/Broadcast com dados mensais dos últimos três anos. Em novembro passado, por outro lado, o ingresso de ações trabalhistas em varas do Trabalho alcançou o pico da série trienal: 289,4 mil.

As dúvidas sobre como a nova lei seria aplicada pelos juízes e o maior rigor trazido pela reforma no acesso ao Judiciário – em especial, o dispositivo que impõe a quem perde o processo a responsabilidade de pagar custos processuais da parte vencedora – causaram, primeiro, antecipação e depois, com as novas regras em vigor, paralisia das ações trabalhistas.

“Os advogados preferiram, como é natural, lidar com o conhecido e evitar os riscos do desconhecido”, disse Estêvão Mallet, professor de Direito do Trabalho da USP: “Com a reforma, é natural aguardar algum tempo para ter mais elementos a lidar nos novos processos.”

Por um lado, a possibilidade de o trabalhador ter de bancar as chamadas despesas de sucumbência – honorários periciais e advocatícios da parte vencedora – em caso de derrota na Justiça ajuda a inibir demandas nas quais as chances de vitória são remotas. Por outro, a insegurança sobre como a reforma será interpretada por magistrados, bem como a respeito de como o Supremo Tribunal Federal (STF) vai julgar a constitucionalidade de artigos da nova lei, leva advogados a esperar por maior clareza antes de protocolar novas petições.

Em dezembro passado, as ações trabalhistas não chegaram a mil em cinco dos 24 tribunais regionais do trabalho distribuídos pelo país: 14.ª Região, que abrange Rondônia e Acre; 20.ª (Sergipe); 21.ª (Rio Grande do Norte); 22.ª (Piauí) e 24.ª (Mato Grosso do Sul).

No Tribunal Regional da 2.ª Região, o maior do Brasil e que engloba a Grande São Paulo e a Baixada Santista, o volume de processos caiu para menos de 500 ações por dia após a reforma. Antes dela, vinha numa média diária superior a 3 mil, chegando a beirar 13 mil um dia antes de a lei entrar em vigor.

Fonte: veja.


Piauiense Monalysa Alcântara vai desfilar no carnaval de São Paulo

A miss vai representar a escola de samba Vai-Vai

04 de fevereiro de 2018 17:27h Categoria: Giro da Notícia Comentários ()
Piauiense Monalysa Alcântara vai desfilar no carnaval de São Paulo

Nesta sexta-feira(02), a Escola de Samba Vai-Vai, a maior campeã do carnaval paulistano, realizou o último ensaio no Sambódromo Anhembi. E uma das presenças ilustres foi a da Miss Brasil Monalysa Alcântara.

Nos stories do Instagram, a Miss Brasil declarou em primeira mão que foi convidada para desfilar para a escola de samba no Carnaval, que será no dia 10 de fevereiro. "Estou muito feliz e honrada por esse convite. Até porque a Vai-Vai tem um lugarzinho especial no meu coração, pois foi a primeira que eu sambei. E esta é uma escola maravilhosa. E sem dúvidas, uma das melhores".

Neste ano, a Escola de Samba fará uma homenagem ao músico baiano Gilberto Gil. O desfile representará em cada ala uma música diferente do cantor. 

Fonte: Com informações do Fala Piauí.

MEC divulga lista de aprovados no Sisu 2018; consulte o resultado

O resultado do Sistema de Seleção Unificada (Sisu) foi divulgado nesta segunda-feira (29), no site http://sisu.mec.gov.br/. Estão disponíveis as listas de aprovados de cada curso das 130 instituições participantes.

Em minutos, o sistema já apresentava instabilidade, como é possível ver no aviso abaixo, que apareceu às 9h07. O MEC afirmou que a equipe de manutenção está resolvendo o problema e que é possível acessar os resultados pelo link http://sisualuno.mec.gov.br. Basta preencher com o número de inscrição e a senha de acesso.

A primeira chamada também pode ser consultada nas páginas das universidades que integram o programa e na central de atendimento do Ministério da Educação (MEC), pelo número 0800-616161.

Aqueles que forem selecionados devem verificar, junto à instituição em que foram aprovados, qual o local, o horário e os documentos necessários para a matrícula. O prazo para efetivá-la vai do dia 30 de janeiro ao 7 de fevereiro.

Listas de espera
Podem tentar participar da lista de espera aqueles que:

- não forem selecionados em nenhuma das duas opções de curso na chamada regular;
- ou os que tenham sido convocados para a segunda opção.

Caso o candidato queira tentar, deve entrar em seu boletim de notas entre os dias 29 de janeiro e 7 de fevereiro e clicar no botão correspondente à "confirmação de interesse em participar da lista de espera". O sistema irá emitir uma notificação avisando que a solicitação deu certo.

Os resultados serão publicados pelas próprias instituições de ensino a partir do dia 9 de fevereiro - e não pelo site do Sisu. É importante, portanto, que cada candidato acompanhe as convocações feitas pela universidade em que busca estudar.

Calendário do Sisu 2018
Inscrições: de 23 de janeiro até as 23h59 de 26 de janeiro
1ª chamada: 29 de janeiro
Matrículas dos aprovados na 1ª chamada: de 30 de janeiro a 7 de fevereiro
Manifestação de interesse na lista de espera: de 2 de fevereiro até as 23h59 de 7 de fevereiro
Resultados das listas de espera: a partir de 9 de fevereiro

Fonte: G1.

Dr. Pessoa poderá ser pré-candidato ao Governo por “via independente”

O deputado estadual, Dr. Pessoa (PSD), afirmou que poderá ser indiciado como pré-candidato ao Governo do Piauí nas eleições deste ano por uma “via independente” de partidos, que não irão participar “nem da oposição nem da situação”. 

“Estamos trabalhando em uma via independente com um grupo de partidos, que querem que eu saia como pré-candidato ao governo. Estamos estudando e analisando. Eles estão concentrando na minha imagem, mas ainda não é prego batido”, disse o deputado. 

Dr. Pessoa disse ainda que os nomes dos partidos desta “via independente” deverá sair nos próximos dias.


Nas eleições municipais em 2016, Dr. Pessoa foi candidato a prefeito de Teresina. Ele chegou a ficar em segundo lugar com 39,77% do total de votos. Dr. Pessoa, médico e natural do município de Água Branca, registrou 171.113 votos na última eleição. 

Cidadeverde.com

Árbitro relata ameaça após expulsão de jogador do River:
A polêmica envolvendo as expulsões no jogo entre Altos e River, no último sábado (27), parece estar apenas no início. Contestado por jogadores do Galo, o árbitro Antônio Dib Moraes de Sousa relatou em súmula uma suposta ameaça do zagueiro Marlon, punido com cartão vermelho no segundo tempo da partida. 

A ameaça ao delegado da partida teria ocorrido depois da expulsão, contestada pelos jogadores do tricolor. Marlon tomou o segundo cartão amarelo por falta em Esquerdinha.

O volante Amarildo chegou a comparar o lance que gerou a saída de Marlon com a falta sofrida por ele, no qual Marconi, do Altos, foi expulso. O jogador tricolor fez referência ao meia do Jacaré como "Esquerdinha Cai-Cai". 

Já o técnico Wallace Lemos considerou um tanto "infantil" a expulsão de Marlon. Após o jogo, o treinador disse que não viu falta no lance, mas considerou que o jogador do Altos foi esperto e aproveitou para cavar a punição. 

As entrevistas dos riverinos foram ao ar na segunda edição do Cidade Esportiva desta segunda-feira (29). Ouça na íntegra:


Cidadeverde.com.

Átila Lira volta a defender Reforma da Previdência; ouça entrevista

O deputado federal Átila Lira (PSB-PI) voltou a defender a Reforma da Previdência, que o Governo tenta aprovar no Congresso Nacional. Ele foi um dos entrevistados do Acorda Piauí desta segunda-feira (29). Ouça na íntegra:


Fonte: Cidadeverde.com.

Piauí fecha o ano de 2017 com saldo positivo nos empregos

A Cadastro Geral de Empregados e Desempregados (Caged), divulgado nesta sexta-feira pelo Ministério do Trabalho, apontou que o Piauí fechou o ano de 2017 com a criação de 4.540 novos postos de empregos formais, quando a maioria dos Estados brasileiros fechou com saldo negativo, assim como o saldo nacional.

O Caged apontou que, no Piauí, no ano passado, foram contratados 95.270 empregados e demitidos 90.730 trabalhadores, com uma variação de 1,56%. Os setores que mais contribuíram para o Piauí fechar o ano de forma positiva nos empregos foram o comércio, onde foram criados 2.245 novos postos de trabalho formais, seguido da agropecuária, que criou 592 novos postos de empregos formais (carteira assinada), dos serviços, com 396 novos postos de trabalho formais e o dos serviços industriais de utilidade pública, com 382 novos empregos formais.

No ano passado, a construção civil eliminou 2.263 postos de trabalho formais. No mês de dezembro do ano passado, o Piauí eliminou 824 postos de trabalho formais, uma variação de 0,28%. Foram contratados 5.457 empregados e demitidos 6.281, com saldo negativo de 824 empregos.

O Cadastro Geral de Empregados e Desempregados de 2017 confirmou a melhora do mercado de trabalho formal brasileiro. Segundo números apresentados pelo Ministério do Trabalho, o resultado acumulado do ano – equivalente aos últimos 12 meses –, indicou o fechamento de 20.832 vagas, uma redução de apenas 0,05% em relação ao estoque de dezembro de 2016. “Para os padrões do Caged, esta redução em 2017 é equivalente à estabilidade do nível de emprego, confirmando os bons números do mercado na maioria dos meses do ano passado e apontando para um cenário otimista neste ano que está começando”, afirmou o ministro do Trabalho substituto, Helton Yomura.

O otimismo é justificado pela comparação do saldo acumulado de 2017 com o fechamento de 2016, que apresentou um saldo negativo de 1.326.558 vagas, e de 2015, quando houve queda de 1.534.989 postos de trabalho no País, na série ajustada. “Aqueles foram os piores resultados da série histórica do Caged, mas em 2017 o impacto positivo das medidas do governo já foi sentido, revertendo a tendência de retração do mercado de trabalho formal”, disse Yomura.

Meionorte.com

Avião com droga faz pouso forçado no interior do Piauí; piloto é preso

O secretário de Segurança Pública, Fábio Abreu, confirmou na tarde desta sexta-feira (26) ao Cidadeverde.com que um avião foi apreendido na tarde desta sexta-feira (26) com grande quantidade de droga no município de Barreiras do Piauí ( a 837 km no extremo Sul do Estado).

"A informação que temos é que faltou combustível na aeronave e eles tiveram que fazer um pouso forçado em uma estrada vicinal. O piloto e mais uma pessoa foram presas e levadas para a delegacia", informou Fábio Abreu.

Segundo o secretário, há indícios de que avião estava com destino ao Maranhão.

A Polícia Militar informou que a aeronave seguia do município de Altamira no Pará para o Maranhão sendo conduzido por coordenadas geográficas. "Em algum momento ele se equivocou nessa rota e acabou entrando no Piauí. Como eles não tinham combustível suficiente para voltar e o avião estava muito pesado, ele chegou a arremessar drogas para fora da aeronave ainda durante o pouso", explicou o coronel Alberto Menezes, comandante de operações da Polícia Militar.

Dentro do avião foram localizados seis sacos grandes de cocaína dentro de cada saco 30 tablete, a Polícia neste momento busca o restante dos tabletes. "Esta pode ser a maior apreensão de cocaína já registrada devido a sua grande quantidade", relatou o coronel

Duas pessoas foram presas, o piloto, identificado pela Polícia como Nagib Brito de Aquino e outro homem, ainda sem função identificada.  Os dois foram conduzidos para a Delegacia de Corrente e a Secretaria Estadual de Segurança já encaminhou equipes para atender a ocorrência.

O delegado geral, Riedel Batista, destacou que o avião estaria em rota clandestina para o tráfico.

"Tudo indica que o piloto iria pousar em pista clandestina ou fazenda da região. Eles procuram 'rota caipira' que utilizam fazendas de agronegócio para o tráfico de droga".

Segundo Riedel Batista a aeronave tem capacidade para carregar 100 kg de drogas e que foram localizadas cerca de 60kg de cocaína no avião.

"Vários pacotes foram jogados de cima e geralmente eles colocam localizadores para depois serem encontrados". 

Policiais de Corrente se deslocaram para a cidade de Barreiras para ajudar na apreensão. 

O delegado Menandro Pedro, da Delegacia de Repressão a Entorpecente, está se deslocando para acompanhar o flagrante. A polícia deslocará também um piloto para que traga a aeronave para Teresina. 

Cidadeverde.com

Grávida é morta a facadas após recusar sexo com ex-marido no PI

Um dos cortes atingiu uma artéria da perna da vítima

26 de janeiro de 2018 08:16h Categoria: Giro da Notícia Comentários ()
Grávida é morta a facadas após recusar sexo com ex-marido no PI

A dona de casa Natália Maria Soares da Costa, de 26 anos, que estava grávida de seis meses, foi assassinada a facadas, na noite de quinta-feira (25), em Guadalupe (345 km de Teresina).

O subtenente Francisco Moraes, da 2ª Companhia do 10º Batalhão da Polícia Militar, afirmou que o suspeito pelo assassinato é um ex-companheiro, com quem a vítima recusou manter relações sexuais. Ele está sendo procurado pelos policiais.

Segundo o subtenente Francisco Moraes, Natália Maria Soares da Costa, foi se encontrar com ex-companheiro e ele teria tentado manter relação sexual com ela, que não aceitou. Segundo o subtenente Francisco Moraes, durante uma discussão, o ex-companheiro desferiu seis golpes de faca contra Natália Maria Soares da Costa.

Um dos cortes atingiu uma artéria da perna da vítima e em questão de 20 minutos, após chegar no Hospital de Guadalupe, ela morreu.

Natália Maria Soares da Costa deu entrada no Hospital de Guadalupe às 22h25, pouco antes de morrer. A Polícia Civil está investigando o feminicídio em Guadalupe. O acusado mora em povoado rural do município de Nova Área, a 15 quilômetros de Guadalupe.

Fonte: Portal Meio Norte.

No dia seguinte à condenação, PT lança Lula pré-candidato

Em reunião realizada na manhã desta quinta-feira, em São Paulo, para reafirmar a candidatura do ex-presidente Lula ao Planalto, petistas e representantes de movimentos sociais aliados ao partido pregaram "desobediência" a decisões judiciais como caminho que deve ser seguido pela a partir de agora, diante da decisão do Tribunal Federal da 4ª Região (TRF-4). João Pedro Stédile, da coordenação nacional do Movimentos dos Trabalhadores Sem Terra (MST), afirmou que os movimentos não deixarão que Lula seja preso.

— Aqui vai um recado para dona Polícia Federal e para o Poder Judiciário: não pensem que vocês mandam no país. Nós, os movimentos populares, não aceitaremos de forma alguma e, impediremos com tudo for possível, que o companheiro Lula seja preso — discursou Stédile, sendo interrompido por aplausos da plateia.

Líder do partido no Senado, Lindbergh Farias (RJ), disse não acreditar que Lula conseguirá uma decisão favorável no Judiciário que o permita concorrer.

— Não tenho ilusão de que vamos achar saídas por dentro das instituições. Vamos derrotar esse golpe com uma liminar judicial? Não. Só temos uma caminho, que são as ruas, as mobilizações, rebelião cidadão, desobediência civil — afirmou o senador.

Lindbergh acrescentou que para prender Lula terão que "prender milhões de pessoas" antes.

O partido reúne a sua executiva na sede da CUT. Além de Lula, participam do encontro, que deve durar todo o dia, a ex-presidente Dilma Rousseff e os governadores do partido. 

O deputado federal Wadih Damous (RJ) disse que a caminhada que apoiadores de Lula fizeram na noite de quarta-feira até a Avenida Paulista, em São Paulo, é um exemplo de forma de desobediência que o partido deve seguir. A Justiça havia proibido os petistas de se reunirem na Paulista.
— A ida ontem à Avenida Paulista foi muito importante. Esse é o modelo. Se quem deve preservar a institucionalidade, agride e hostiliza a institucionalidade, não cabe a nós ficar de braços cruzados respeitando decisões que são inconstitucionais, que são ilegais. Eles jogaram fogo no país, não cabe a nós o comportamento de bombeiros - disse o parlamentar.


Fonte: O Globo.

Helicóptero da TV Globo cai e deixa dois mortos em Recife

O helicóptero caiu logo após fazer as imagens para o jornal local

23 de janeiro de 2018 14:44h Categoria: Giro da Notícia Comentários ()
Helicóptero da TV Globo cai e deixa dois mortos em Recife

Na manhã desta terça-feira (23/01), o Globocop (um helicóptero da TV Globo) caiu na Praia do Pina, zona Sul do Recife, deixando duas pessoas mortas. O acidente ocorreu no mar por volta de 06h15.

De acordo com informações do Samu, três pessoas estavam na aeronave no momento da queda, duas morreram no local e a outra foi encaminhada com vida para o Hospital de Restauração, na área central da capital.

O acidente aconteceu logo depois que o helicóptero fez imagens para a abertura do jornal Bom Dia Pernambuco.

O Globocop foi revisado na semana passada e já tinha feito vários voos normais desde então.

A aeronave era pilotada pelo comandante Daniel Galvão. Também estava na aeronave o operador de transmissão Miguel Brendo. O helicóptero pertencia à empresa Helisae e prestava serviços para a Globo há mais de 15 anos.

Chovia no Recife quando ocorreu o acidente. Bombeiros foram acionados para fazer o resgate. A aeronave afundou e as equipes usam motos aquáticas para localizar o helicóptero. Segundo informações de populares, haveria um quarto tripulante. A corporação tenta localizar a vítima.

Fonte: Com informações do G1.

Luciano Nunes se reúne com líderes do PSB e debate sobre política

Luciano Nunes debateu sobre a conjuntura política atual do Piauí

23 de janeiro de 2018 14:43h Categoria: Giro da Notícia Comentários ()
Luciano Nunes se reúne com líderes do PSB e debate sobre política

O deputado e pré-candidato do PSDB ao governo do estado Luciano Nunesparticipou de uma café da manhã na sede do PSB na manhã desta terça-feira (23). Na presença da cúpula do partido, presidido pelo ex-governador Wilson Martins, Luciano Nunes debateu sobre a conjuntura política atual do Piauí. Conversa agradável, debate oportuno sobre a política no nosso Estado”, compartilhou o deputado em sua rede social.

“Atendendo convite do ex-governador Wilson Martins participei hoje do “Café com Política” na sede do PSB para conversarmos sobre a conjuntura política atual do Piauí. Estado”, compartilhou o deputado em sua rede social

Vale lembrar que o parlamentar já anunciou que pode ser o candidato do grupo oposicionista ao Governo do Estado. O deputado afirmou que está à disposição de seu partido para a disputa. A oposição ainda conta com a dissidência da vice-governadora, Margarete Coelho (PP), para compor a chapa com Luciano Nunes.

Fonte: Portal Meio Norte.

Polícia encontra corpo de homem escondido em tapete e jogado em buraco

O trabalhador José Maria Fernandes, de 50 anos, que residia à rua Armando Cajubá, bairro Sabiazal em Parnaíba, cidade a 330 km ao norte de Teresina, foi morto a facada e o corpo jogado dentro de um poço seco no terreno de sua residência.

De acordo com a polícia militar, uma hora antes de ser assassinado, o homem foi visto comprando bebida alcoólica em um comércio próximo de sua casa. O assassinato aconteceu na sexta-feira, mas o corpo só foi encontrado por volta das 12:30min de ontem, sábado (20/01).

Segundo o comandante do 2º batalhão da Polícia Militar, major Antônio Pacífico, o homem foi morto por um colega com várias facadas. Após o crime o suspeito tentou ocultar o corpo da vítima, que foi enrolada em um tapete e jogada dentro de um buraco no terreno da residência.

O suspeito é uma pessoa conhecida como Pelado, informou a polícia.