Logotipo R10
Gleici é a campeã do BBB18 com 57,28% dos votos

Tiago Leifert anuncia que Gleici é a campeã do BBB18 com 57,28% dos votos. A sister comemora e é abraçada pelos demais finalistas. Na plateia, Wagner vibra. Kaysar fica em segundo, com 39,33%. A família Lima ficou em terceiro lugar com 3,39%.

Tiago anuncia ao vice-campeão Kaysar que a ONU irá ajudar a trazer sua família

Tiago Leifert conversa com Kaysar sobre a família do sírio. O apresentador conta ao ex-brother que a Organização Nacional das Nações Unidas (ONU) irá ajudar a trazer sua família ao Brasil. Gleici é a campeã do BBB18 com 57,28% dos votos. Kaysar ficou em segundo, com 39,33%. A família Lima em terceiro lugar com 3,39%.

Recife homenageia Reginaldo Rossi e cria o dia Municipal da Música Brega

Foi sancionada pelo prefeito Geraldo Julio, nesta quinta-feira (19), a lei nº 18.474/2018, que institui, no calendário oficial de eventos do município do Recife, o Dia Municipal da Música Brega, sendo comemorado no dia 14 de fevereiro. A data foi escolhida em homenagem ao cantor Reginaldo Rossi, aclamado Rei do Brega pelo público, que nasceu neste dia.

Para o vereador Wanderson Florêncio (PSC), que criou o projeto de lei, essa é mais uma vitória da valorização da cultura local. "O brega é uma música essencialmente recifense. A partir do Recife, ela se espalhou, tomou conta do Brasil e ganhou até outras vertentes, como o tecnobrega do Pará", afirma.

Além disso, o vereador acredita também que a criação dessa data estimula as próximas gerações a buscar conhecer sobre as raízes da música recifense, ajudando também a combater o preconceito contra o ritmo.

"Apesar do preconceito ainda existente, o brega romântico é uma música que toca o coração de todas as pessoas, desde o mais pobre até o mais alto juiz. O brega não pode ficar renegado. Temos que valorizar as nossas raízes", pontua.

Para a cantora de brega Michelle Melo, a medida é uma vitória a ser comemorada e foi conquistada com muita luta. "O brega não é só um ritmo, é um movimento. Qualquer reconhecimento é mais do que merecido. Mesmo sem o apoio de gravadoras e do estado, o brega sempre se manteve vivo e está cada vez mais presente em todas as classes sociais. Faz parte da nossa cultura e temos que reconhecer e valorizar isso", pontua a rainha do brega.

A cantora destaca ainda a importância social do movimento para o estado. "Na cena de entretenimento musical é o que mais gera renda e emprego em Pernambuco, direta e inderatamente. É um movimento que não para. Funciona de segunda a segunda", afirma.

Potiguar adotado pelo brega pernambucano, o cantor Kelvis Duran, carinhosamente intitulado o "Príncipe do Brega", celebrou a conquista para a classe artística e para os consumidores do gênero musical.

"Para mim e toda a nação bregueira, é muito importante, porque é uma música que nasceu na periferia e atravessa fronteiras, que hoje, a massa curte. É uma música forte, com um significado muito bacana. O brega é uma cultura, um sentimento, é onde você expressa da melhor forma a linguagem do nordestino", disse Kelvis.

A escolha pela data de nascimento de Reginaldo Rossi, que morreu em dezembro de 2013, é uma forma de reconhecer o pioneirismo do cantor, aponta Florêncio.

“Ele é o percussor e o grande símbolo do ritmo. Ele foi o primeiro que assumiu as características bregas. E fez isso com orgulho. Por todo o histórico dele, tudo o que ele fez pela música brega e o que ele representa, não poderíamos escolher outra data. Mas também é uma homenagem à todos os artistas que dedicam e dedicara à vida ao brega”, ressalta o vereador.

Fonte : G1.

Curta nossa fanpage no Facebook: www.facebook.com/reporterdez

Preço do diesel tem alta de de 0,35; preço da gasolina fica estável

A Petrobras anunciou que, com o reajuste que entrará em vigor na sexta-feira, 20, o preço médio do litro da gasolina A sem tributo nas refinarias será mantido na média atual de R$ 1,7199. Já o valor médio nacional do litro do diesel A subiu para R$ 1,9822, 0,35% maior que o de R$ 1,9752.

A nova política de revisão de preços foi divulgada pela petroleira no dia 30 de junho de 2017. Com o novo modelo, a Petrobras espera acompanhar as condições do mercado e enfrentar a concorrência de importadores.

Fonte: Meio Norte.

Curta nossa fanpage no Facebook: www.facebook.com/reporterdez

Mesmo com chuvas, PI tem reservatórios com menos de 5% da capacidade

Mesmo com o melhor período chuvoso dos últimos anos, algumas regiões do Piauí enfrentam crises hídricas. O nível do reservatório de água Barreiras, localizado em Fronteiras é de 2,84% da capacidade total e a situação no reservatório Cajazeiras, na cidade de Pio IX, também é preocupante, o nível de abastecimento está a apenas 3,64% da capacidade total de armazenamento. Os dois reservatórios estão localizados na zona sudeste do Estado.

Apesar da situação de pouca quantidade de água, o Departamento Nacional de Obras Contra as Secas (DNOCS) do Piauí está com uma boa expectativa para recarga dos açudes no período de seca. “Estamos elaborando os projetos de recuperação e modernização das barragens, tanto da parte física como da hidromecânica, alguns projetos estão prontos como o das barragens de Fronteiras, Pio IX, Bocaina e outros”, relata Djalma Policarpo, coordenador estadual do DNOCS/PI. No caso dos reservatórios Fronteiras e Pio IX, é esperado um aumento no nível de armazenamento, já que ambos estão interligados à adutora de Piau, barragem situada no município de São Julião, que teve uma recarga razoável esse ano.

Além do problema de falta de chuva, crimes contra o meio ambiente também podem agravar a falta de água de algumas regiões, como construções inadequadas nas áreas dos entornos dos açudes, desmatamentos das matas ciliares. “Nós estamos notificando todos os invasores e agressores através da comissão de fiscalização designada pelo DNOCS/Pi. Nossa prioridade é o abastecimento humano durante o período de estiagens e da seca, faremos o monitoramento e como meta imprescindível sugerir à população o uso racional da água. Para garantir o abastecimento e segurança das comunidades atendidas”, explica o Coordenador Estadual do DNOCS/Pi.

Fonte : Meio Norte.

Curta nossa fanpage no Facebook: www.facebook.com/reporterdez

Bebê que teria sido abandonado pela mãe é achado morto em lixão

Um bebê  foi encontrado morto em um lixão localizado em um matagal no município de Araioses, no estado do Maranhão, próximo da cidade de Parnaíba, no litoral do Piauí. O recém-nascido teria sido abandonado no local pela mãe, já identificada e encaminhada para delegacia de Polícia Civil que apura o caso.

De acordo com informações colhidas pela reportagem, o bebê  estava amarrado dentro de uma sacola jogada em um lixão nas imediações do conjunto João Machado, na cidade de Aroazes. Próximo do corpo também foi encontrada uma mochila. O corpo da criança já estava em avançado estado de putrefação. 

“Nós encontramos um saco, onde era possível ver metade (do corpo) para fora e a outra metade dentro de um buraco. Eu chamei meu marido, aí ele correu e viu. Ele (recém-nascido) estava dentro de uma bolsa fechada, em uma mochila de escola. Meu marido escavou e viu que era uma criança, daí chamamos outros vizinhos, daí ligaram para polícia”, contou uma das moradoras que se deparou com o corpo do recém-nascido.

O corpo do recém-nascido foi trazido para Teresina, onde exames vão dizer se a criança foi assassinada ou se morreu durante o parto. A mãe é a principal suspeita. 

O avô da criança, pai da mãe, falou sobre as acusações contra sua filha. “Ainda não estou sabendo, não chegou nenhum detalhe ainda para mim”, disse, sem  repassar maiores detalhes. 

Uma outra parente afirmou que mãe jogou, sim, a criança no lixo. “Ela chegou para minha sogra e contou que na segunda-feira tinha derramado muito sangue. Ela me ligou e falou que a barriga dela estava muito baixa, aí eu brinquei e disse que resolveria. Quando eu cheguei em casa  e procurei por ela, ela correu e aí não nos falamos mais. Eu passei a noite em casa doente, quando foi pela manhã me chamaram para ver o corpo da criança. Quando eu cheguei no local, eu logo reconheci a bolsa e a sacola. Eu disse assim:’Que horas tu jogou essa criança fora?’, e aí ela disse;’No outro dia muito cedo’. Ela falou pra mim que jogou a criança fora. Eu até perguntei quem era o pai, mas ela disse que não podia revelar quem era”, contou. 

Fonte: Portal Meio Norte

BBB 18': Gleici tem a luz de casa cortada, e vizinhos pagam a conta

Ao sair campeã ou não nesta quinta-feira, 19, na grande final do “BBB 18”, Gleici já tem uma série de pendências financeiras para resolver. Uma delas é pagar as contas de luz em atraso da casa em que vive com a família no Acre.

Os vizinhos se juntaram numa vaquinha para tentar saldar a dívida, mas até ontem não haviam conseguido. No programa, Gleici chegou a sugerir que a produção enviasse os R$ 10 mil que ela havia ganhado numa prova do líder para a mãe, “pois ela devia estar precisando”.

A candidata é uma das favoritas a ganhar o prêmio de R$ 1,5 milhão.

Meionorte.

Defesa Civil faz apelo para prefeitos agilizarem decretos de emergências

A Defesa Civil do Estado fez, nesta terça-feira (18), um apelo para que os prefeitos dos municípios que decretaram situação de emergência no Piauí agilizem a documentação que deve ser entregue ao Governo do Estado e à União. Para conseguir os auxílios é necessário que as Prefeituras solicitem a homologação dos decretos. 

No Piauí, 16 cidades decretaram situação de emergência para socorro e assistência às pessoas atingidas por desastres naturais e até agora oito já tiveram o pedido reconhecido e homologado tanto pelo governo do Piauí quanto pelo governo federal. A rapidez nos trâmites garante que o auxilio financeiro chegue de forma mais célere, advertiu o secretário da Defesa Civil do Piauí, Raimundo Coelho, em entrevista ao Jornal do Piauí de hoje.

Barras, Batalha, Cabeceiras, Campo Maior, Esperantina,  José de Freitas, Lagoa Alegre e Pimenteiras estão com o decreto reconhecido. Caxingó, Joca Marques, Juazeiro do Piauí, Luzilândia, Madeiro, Piracuruca, São José do Divino e Teresina não conseguiram ainda.

Além disso, a Defesa Civil está analisando a possibilidade de formular um pedido único de auxílio para as oito cidades que ainda não enviaram a documentação à União. 

“Vamos formar um grupo e o Estado está estudando fazer um documento só para conseguir o reconhecimento dos decretos dos oito que estão faltando. É uma forma de fazer com que o trâmite seja agilizado e para solicitar apoio do governo federal”, observou o secretário.

Raimundo Coelho lembra que é preciso que os municípios enviem vários documentos e que existe uma legislação que determina como proceder para solicitar o aporte financeiro. 

“E as cidades enfrentam dificuldades. Então Defesa Civil está orientando que os prefeitos nos procurem para acompanhar os trâmites e dar entrada com a solicitação”, observa o secretário.

Fonte: Cidade Verde.

Curta nossa fanpage no Facebook: www.facebook.com/reporterdez

PI: mulheres trabalham o dobro que os homens dentro de casa

As mulheres piauienses gastam 21,9 horas por semana cuidando de outras pessoas e fazendo tarefas domésticas. Os homens só dispensam 9,3 horas, portanto, menos da metade. A constatação é da Pnad Contínua, do Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE).

No Brasil, a situação não é tão diferente. Elas dispensam 20,9 horas para essas atividades e eles 10,8 horas por semana. Porém, a diferença entre essas médias no Piauí (12,6 horas) supera a do Brasil e a do Nordeste. Ou seja, a discrepância entre os sexos é bem maior no estado. 

Essa diferença fica um pouco menor quando a mulher trabalha fora. Teoricamente, porque nesse caso ela precisa ainda mais da contrapartida masculina nos afazeres domésticos e nos cuidados com os filhos. Além das horas de trabalho remunerado, as mulheres ainda trabalham 19,7 horas por semana dentro de casa. Os homens, 9,2 horas. A diferença é de 10,5 horas semanais a mais para elas. 

"A ocupação no mercado de trabalho piauiense é, em sua maior parte, masculina. Em todas as outras formas de trabalho, no entanto, a mulher prevalece. Isso é histórico, mas vem mudando nos últimos anos. No Piauí, em comparação com o país, um percentual menor de homens faz trabalhos domésticos, porém, quanto mais as mulheres se inserirem no mercado de trabalho, mais essa realidade vai mudar", destaca Maria Lúcia Vieira, gerente de Pesquisa de Emprego e Renda do IBGE.

No Brasil, as mulheres que trabalhavam fora dedicavam 18,1 horas semanais aos afazeres domésticos e cuidados de pessoas, contra 10,3 horas semanais dos homens que trabalhavam, ou seja: eram de 7,8 horas semanais a mais para as mulheres.

No Piauí, segundo a pesquisa, 93,4% das mulheres em idade de trabalhar realizam os afazeres domésticos. Entre os homens, esse percentual cai para 76,7%. "No país inteiro, os homens estão assumindo mais o papel de protagonista na vida doméstica. No Piauí, ainda há uma distância maior para os demais estados", afirma Leonardo Passos, chefe do IBGE.

Fonte: Cidade Verde.

Curta nossa fanpage no Facebook: www.facebook.com/reporterdez

Obra de recuperação de trecho da BR-222 é autorizada e inicia nesta quinta

Buscando soluções para o trecho que está interrompido entre Batalha e Esperantina, o deputado Themístocles Filho (MDB), presidente da Assembleia Legislativa, informou nesta quarta-feira (18) que já foi dada ordem de serviço e autorizada a obra para a recuperação do trecho da BR-222. A obra terá início amanhã.

Um trecho da rodovia entre os municípios de Batalha e Esperantina está interditado desde a última segunda-feira (16), em razão do rompimento de uma ponte imprivisada que existia no local. A BR-222 é a principal via de acesso a cidade de Esperantina e regiões como de Joaquim Pires, Morro do Chapéu e Luzilândia. 

Themístocles esteve em audiência nesta manhã com o superintendente do DNIT (Departamento Nacional de Infraestrutura de Transportes), Ribamar Bastos e informou que também já conversou com o tenente-coronel Rômulo Gonçalves, subcomandante do 2º BEC, para que se tenha mais celeridade neste caso.

“É um pequeno trecho que fica entre Batalha e Esperantina. A ordem de serviço para construção da ponte já foi dada pelo Exército Brasileiro que vai ter início no dia seis de junho e será em definitivo. O que aconteceu agora foi uma chuva com mais de 100 milímetros, um pequeno açude rompeu e levou parte do que já havia sido feito, mas o Exército Brasileiro com o Dnit vai trabalhar nessa recuperação porque é uma recuperação pequena e no meu entender deverá passar no máximo 6 a 7 horas para fazer isso”, disse o deputado Themístocles Filho.

O parlamentar acrescentou: “O Dnit já deu a ordem e o Exército já autorizou os seus homens a trabalharem a partir de hoje ou amanhã. Começando essa obra, que é uma pequena obra, logo tudo será resolvido. Hoje é um transtorno para muitos, porque é preciso andar mais de 150 km para chegar a Esperantina. Estive com o diretor do Dnit e o deputado Júlio Arcoverde acompanhou a conversa e ele disse que é uma obra Dnit e Exército Brasileiro”, assevera o presidente da Assembleia, deputado Themístocles Filho.

“Estive com o deputado Themístocles na reunião com Dr. Ribamar e a nossa preocupação é com a quantidade de águas nos riachos e açudes de Batalha que houve esse rompimento. Mas tivemos essa boa notícia que as obras já começarão a ser efetivadas”, corrobora o deputado Júlio Arcoverde.

Fonte: Cidade Verde.

Curta nossa fanpage no Facebook: www.facebook.com/reporterdez

Cresce o número de piauienses que cuidam de parentes

Cresce no Piauí o número de pessoas que cuidam de outros moradores do domicílio ou parentes não moradores. 

Para exemplificar essa situação, citamos o caso de mães que cuidam dos filhos ou dos pais idosos e a situação de um homem que leva uma tia doente ao médico.

Essa taxa subiu de 33,1% em 2016 para 37% em 2017 e permanece sendo a mais alta taxa do país. Nacionalmente, 31,5% dos brasileiros cuidam de outras pessoas. No Nordeste, 31,4%.

Assim como acontece com os afazeres domésticos, no país inteiro existe uma grande discrepância entre homens e mulheres nessa forma de trabalho não-remunerado: enquanto 37% das mulheres realizaram tais cuidados, entre os homens a proporção foi de 25,6%. 

No Piauí, 42,1% das mulheres cuidam de outras pessoas. Esse percentual cai para 31,3% no caso dos homens.

A região Norte registrou o maior percentual de pessoas realizando cuidados (37,5%), e a região Sul, o menor (30,4%).

A informação é da Pnad Contínua do IBGE, divulgada nesta quarta-feira (18).

Fonte: Cidade Verde.

Curta nossa fanpage no Facebook: www.facebook.com/reporterdez

Homem morre vítima de picada de cobra em Esperantina

Um homem identificado como João morreu vítima de picada de cobra nesta segunda-feira (16/04) em Teresina, onde o mesmo se encontrava hospitalizado há pelo menos de 15 dias.

De acordo com informações, ele é morador da localidade Vieira, zona rural de Esperantina.

Após ser picado pelo réptil, ele foi encaminhado ao hospital do município, mas a situação do paciente era grave e ele teve que ser transferido às pressas para a capital, mas não resistiu e morreu.

Fonte: Com Informações do Diário Longá.

Curta nossa fanpage no Facebook: www.facebook.com/reporterdez

Aécio Neves vira réu por corrupção e obstrução de Justiça

A Primeira Turma do Supremo Tribunal Federal (STF) decidiu nesta terça-feira (17) receber a denúncia contra o senador Aécio Neves (PSDB-MG) por suposta prática de corrupção passiva e obstrução de Justiça. Com isso, o senador será transformado em réu pela primeira vez.

Por unanimidade, os cinco ministros da turma (Marco Aurélio Mello, Luís Roberto Barroso, Luiz Fux, Rosa Weber e Alexandre de Moraes) acolheram a denúncia de corrupção da Procuradoria Geral da República e, por 4 votos a 1, a de obstrução de Justiça – neste caso, o único voto contrário foi o de Alexandre de Moraes.

O julgamento começou no início da tarde com as manifestações da acusação e da defesa do parlamentar.

Minutos depois da decisão, o senador Aécio Neves disse nesta terça que já esperava pela decisão do STF.

"Eu recebo com absoluta tranquilidade a decisão da 1ª turma do STF, até porque já era esperada", disse Aécio durante pronunciamento em seu gabinete no Senado, O tucano voltou a criticar a delação de executivos da J&F e disse que irá provar sua inocência.

O advogado de Aécio, Alberto Zacharias Toron, contestou as acusações de corrupção e obstrução de Justiça. O subprocurador da República Carlos Alberto Coelho, responsável pela acusação, disse haver “farto material probatório” para incriminar o senador.

Aécio foi acusado em junho do ano passado, em denúncia da Procuradoria Geral da República, de pedir propina de R$ 2 milhões ao empresário Joesley Batista, dono da J&F, em troca de favores políticos; e também de tentar atrapalhar o andamento da Operação Lava Jato. Uma conversa entre os dois foi gravada pelo empresário.

Junto com o parlamentar, foram denunciados pela PGR a irmã dele, Andréa Neves da Cunha, o primo Frederico Pacheco de Medeiros e Mendherson Souza Lima, ex-assessor parlamentar do senador Zezé Perrela (MDB-MG), todos por corrupção. A primeira teria pedido o dinheiro a Joesley e os outros dois teriam recebido e guardado quatro parcelas de R$ 500 mil em espécie.

Após as manifestações da procuradoria e dos advogados, os ministros rejeitaram, por unanimidade, um pedido da defesa para ter acesso a provas que integram outras investigações, relacionadas a Marcello Miller.

Depois, negaram também, por maioria, fatiamento do caso para enviar à primeira instância as acusações contra Andréa, Frederico e Mendherson, por não terem foro privilegiado.

Dos cinco ministros da Primeira Turma, quatro entenderam que as condutas estavam imbricadas, de modo que não seria conveniente separar os processos. O único a votar pelo desmembramento foi o relator, Marco Aurélio Mello.

Os ministros também rejeitaram de modo unânime uma contestação à validade das provas usadas na investigação.

A defesa sustentou que foram baseadas na delação da J&F, alvo de questionamento pela suposta orientação do ex-procurador Marcello Miller aos executivos da empresa, quando ainda integrava a PGR.

Os ministros negaram o pedido, considerando que a validade do acordo e a manutenção ou não das provas será analisada em momento posterior, em ação própria.

Fonte: G1.

Curta nossa fanpage no Facebook: www.facebook.com/reporterdez

Sesapi identifica casos de hanseníase no interior do Piauí

Mais de 500 pessoas passaram por consultas para o diagnóstico de hanseníase em comunidades quilombolas nos municípios de Redenção do Gurgueia, Bom Jesus e Canto do Buriti. A ação foi realizada entre os dias 10 e 13 de abril, pela Carreta Novartis da Hanseníase, numa parceria com a Secretaria de Estado da Saúde e municípios.

No Piauí, a Carreta deve permanecer por três meses, percorrendo 23 municípios, prioritariamente aqueles que tenham comunidades quilombolas, como explica Gilvano Quadros, coordenador de Equidade, da Secretaria. “A ação é realizada nessas comunidades por ser uma população vulnerável e ainda pelas dificuldades do serviço chegar até as elas”, afirma.

Nessa primeira semana, a Carreta atendeu 520 pessoas, sendo que foram 10 casos diagnosticados com hanseníase. Dessas, sete já estavam em fase avançada da doença e três na fase inicial. “Essa população foi incentivada a fazer esses exames porque, às vezes, elas têm uma mancha, mas não procuram o serviço, vão deixando passar. Até porque a mancha não é dolorosa, não coça. Com essas orientações, foram mostrados todos os tipos de manchas e identificando algumas lesões, como mostram os dados”, relata Gilvano.

Segundo o coordenador, todos os casos identificados serão encaminhadas para tratamento, que é feito de forma gratuito, pelo Sistema Único de Saúde(SUS). 

Esta semana, a Carreta Novartis vai estar nos municípios de São Raimundo Nonato e São Lourenço. Até o final do mês, serão Dirceu Arcoverde, Fartura do Piauí e Várzea Branca.

Dados
O Piauí registrou 935 casos de hanseníase em 2017, representando um aumento em relação a 2016, quando foram notificados 911, o que corresponde a 2,67%. Os dados revelam ainda que aproximadamente 67,5% deles (631), foram notificados já em estágio transmissível. Os dados foram apresentados em janeiro, pela Coordenação Estadual de Controle à Hanseníase, da Secretaria de Estado da Saúde. 

As notificações mostram também que o Estado apresenta 29,1 casos para cada 100 mil habitantes, parâmetro considerado muito alto. “Tanto a classificação predominante, do tipo multibacilar, e o parâmetro de detecção da doença (muito alto), chamam a atenção para a necessidade de mais envolvimento dos serviços de saúde dos municípios em estratégias para o alcance do diagnóstico precoce da doença. Com a classificação multibacilar predominante mostra que existe focos da doença em atividade em todo estado”, alerta a supervisora estadual de Controle de Hanseníase, Eliracema Alves.  

Hanseníase

A supervisora explica que a hanseníase é uma doença que atinge primeiramente os nervos, e em seguida, de forma tardia, as manchas. Essas manchas podem ser de coloração amarronzada ou rósea, são indolores, ou seja, não doem. Essas manchas têm diminuição de sensibilidade, são dormentes e que se não forem tratadas em tempo certo, precocemente, elas podem evoluir com incapacidades, deformidades. 

A hanseníase tem cura. O tratamento pode ser de 6 meses a 12 meses, de acordo com o diagnóstico. O tratamento é gratuito, pelo SUS, nos 224 municípios do Estado.

Fonte: Sesapi.

Curta nossa fanpage no Facebook: www.facebook.com/reporterdez

Piauí terá Cartão Reforma: Cada família pode receber até R$ 9 mil

O Piauí e mais 21 estados brasileiros serão contemplados com o Cartão Reforma,  disponível para famílias com renda bruta (antes de impostos e descontos) de, no máximo, R$ 2.811. Foram contempladas cerca de 160 cidades em 22 estados e a previsão é que elas recebam, no total, R$ 178,5 milhões.

Será um benefício pago pelo governo para compra de materiais de construção. A ideia é que as famílias possam reformar, aumentar ou terminar de construir a casa própria.

Segundo o ministério, os escolhidos vão receber o dinheiro conforme a sua classificação no ranking, e a liberação dos recursos vai depender do orçamento do programa.

O governo ainda deve divulgar mais duas listas de selecionados neste ano. O programa prevê distribuir, ao todo, R$ 685,5 milhões em 2018.

Quem pode pedir o cartão?

Para ter direito ao benefício é preciso:

-Com renda bruta (antes de impostos e descontos) da família seja de, no máximo, R$ 2.811;

-Ter mais de 18 anos ou ser emancipado; ter celular habilitado para receber SMS (mensagem de texto);

-Ter apenas um imóvel (considerando o país todo, não apenas a cidade) e morar nele;

-A casa precisa estar em um dos municípios selecionados pelo governo, e também em um dos bairros indicados pela prefeitura dessa cidade;

-Ter condições de fornecer mão de obra, equipamentos e ferramentas para as obras; 

Quem NÃO pode pedir o Cartão Reforma?

-Famílias que moram em imóveis alugados ou cedidos;

-Imóveis que são exclusivamente comerciais;

-Imóveis em condições muito ruins (por exemplo, de taipa não revestida, madeira aproveitada ou palha);

-Imóvel que fica em terreno ou lugar alvo de disputa na Justiça;

-Imóvel que fica em área de risco ou em área que não pode ser regularizada;

Fonte: Portal Brasil.

Curta nossa fanpage no Facebook: www.facebook.com/reporterdez

Pente-fino cortou 228 mil benefícios de auxílio-doença, diz INSS

O ministro do Desenvolvimento Social, Alberto Beltrame, disse que um pente-fino realizado entre agosto de 2016 e março deste ano encontrou 552,9 mil benefícios de auxílio-doença que não passavam por revisão há mais de dois anos, sendo que a regra é a cada seis meses.

Até agora, 279 mil auxílios-doença foram revisados, dos quais 228 mil foram cancelados, média de 82% — ou por irregularidade, ou por não-comparecimento do beneficiário.

De acordo com Beltrame, os cancelamentos são fruto do cruzamento de bases de dados do governo e perícias que deixaram de ser realizadas. Os cancelamentos também atingiram aposentadorias por invalidez e Bolsa Família.

Entre agosto de 2016 e março de 2017, a economia com auxílio-doença foi de R$ 7,6 bilhões. Mantida a média de cancelamentos, a economia pode atingir R$ 15,7 bilhões. "Isso é mais do que a privatização da Eletrobras", disse Beltrame.

Em 2016, a folha de pagamento do auxílio-doença era de R$ 27,8 bilhões anuais, com 1,8 milhão de beneficiários. Em dezembro deste ano, segundo o ministro, o gasto deve atingir R$ 20 bilhões, com 1,1 milhão de beneficiários.

Um exemplo citado pelo ministro foi o de gestantes que receberam auxílio-doença por estarem hipertensas durante a gravidez, mas que continuaram com o benefício por dez anos. "Encontramos pessoas absolutamente saudáveis no momento da perícia, que tinham direito ao benefício no momento em que foi concedido, mas que se acostumaram e se acomodaram nessa situação", disse ele, para quem houve "desleixo" na gestão dos recursos públicos.

Aposentadoria por invalidez

No caso das revisões de aposentadoria por invalidez, cuja revisão deve ser feita a cada dois anos, até agora, 43 mil foram revisadas, e o índice de cancelamento é de 30%. Ao todo, 1 milhão de benefícios serão revisados. Como há uma regra de transição entre a invalidez e o retorno ao trabalho, neste ano, a economia deve ser de R$ 500 milhões. Em 2019, o potencial é de R$ 5 bilhões, mantida a média de cancelamento.

"Encontramos cegos que dirigem e possuem carteira de motorista, pessoas que foram cadeirantes em algum momento, devido a acidentes, e hoje caminham, alguns até são maratonistas", afirmou Beltrame. "Entre 2016 e 2019, devemos atingir R$ 20 bilhões de economia", acrescentou.

Bolsa Família 

No caso do Bolsa Família, o ministro disse que o cruzamento de dados do Cadastro Único com dados do Ministério do Trabalho, como o Caged (Cadastro Geral de Empregados e Desempregados), evitaram que famílias não enquadradas nos critérios do programa fossem beneficiadas indevidamente.

Antes, o cruzamento era realizado em dezembro de um determinado ano com a Relação Anual de Informações Sociais (Rais) do ano anterior, o que permitia que a inconsistência somente fosse descoberta dois anos depois.

Segundo Beltrame, 5,2 milhões de famílias que não tinham direito ao Bolsa Família foram retiradas do cadastro, enquanto 4,8 milhões que se enquadravam nos critérios de elegibilidade foram incluídas no programa. O ministro do Planejamento, Esteves Colnago, esclareceu que a economia fiscal não é o foco das revisões, no caso do Bolsa Família, mas uma consequência.

"Nesse cruzamento, encontramos muitos mortos recebendo Bolsa Família", afirmou Beltrame. No primeiro pente-fino, segundo ele, a retirada de beneficiários gerou uma economia potencial de R$ 2 bilhões em 2016 e 2017, que permitiu que aqueles que tinham direito recebessem os valores devidos. "Além da economia, conseguimos pela primeira vez zerar a lista de espera, que era de 1 milhão de famílias. Conseguimos focar o Bolsa Família naqueles que realmente precisam", disse.

No caso do BPC (Benefício de Prestação Continuada), há 4,4 milhões de beneficiários, entre idosos e pessoas com deficiência com baixa rendam, que integram a folha. O critério é que a renda per capita seja inferior a 25% do salário mínimo. "Encontramos 151 mil beneficiários com renda acima de meio salário mínimo per capita, e, em alguns casos, até seis salários mínimos per capita", afirmou Beltrame. O cruzamento de dados encontrou ainda 17 mil mortos como beneficiários, alguns há anos. A economia potencial, segundo ele, é de R$ 1 bilhão por ano.

De acordo com o secretário-executivo do Ministério do Planejamento, Gleysson Rubin, o governo conseguiu unir 14 bancos de dados e 7,4 bilhões de registros em bases de diversos órgãos do governo. Colnago disse que essas bases serão atualizadas mensalmente. Outras cinco bases serão agregadas em breve.

"O governo precisa olhar as despesas que faz para garantir que os recursos sejam bem alocados", afirmou Colnago, citando o teto de gastos. "Isso nos obriga a melhorar a qualidade do gasto."

Fonte: R7.com

Curta nossa fanpage no Facebook: www.facebook.com/reporterdez

Jovem é preso por estuprar idosa depois de festa no Norte do Piauí

Um jovem de 20 anos foi preso, nesta segunda-feira (16), por suspeita de estuprar uma idosa de 69 anos no município de Buriti dos Lopes, Norte do Piauí. De acordo com a Polícia Civil, o suspeito cometeu a violência sexual após dar uma carona para a vítima na saída de uma festa. O crime aconteceu na noite do domingo (15).

Segundo a polícia, o jovem e a idosa são vizinhos, residem em um povoado na Zona Rural da cidade. Eles participavam de uma festa quando a vítima pediu para um sobrinho levá-la para casa, mas o suspeito teria oferecido a carona e cometido o crime no caminho para o local.

“O estupro aconteceu ontem e ele foi preso hoje. Ele negou o crime, alega que tenha sido consensual, mas a vítima ficou muito machucada, tanto que ainda não pude ouvir o depoimento dela”, afirmou a delegada Rafaela Bezerra, da delegacia de Polícia Civil em Buriti dos Lopes.

A delegada informou que a vítima segue internada no Hospital Estadual Dirceu Arcoverde (HEDA), em Parnaíba, onde recebeu atendimento médico após a agressão e segue em recuperação.

O suspeito foi preso em flagrante pelo crime de estupro e encaminhado para a Penitenciária Mista Juiz Fontes Ibiapina, em Parnaíba.

Fonte: G1

Curta nossa fanpage no Facebook: www.facebook.com/reporterdez

Juíza condena dentista a pagar R$ 50 mil por humilhação a garoto de 11 anos

A juíza Junia Maria Feitosa Bezerra Fialho, da 4ª Vara Criminal de Teresina, condenou um dentista a pagar indenização no valor de R$ 50 mil para a família de um garoto de 11 anos, que foi obrigado a passar fezes no próprio rosto sob a mira de um revólver. O caso aconteceu em 2015 no bairro Acarape, na zona Norte da capital. A decisão foi publicada no site do Tribunal de Justiça do Piauí (TJ-PI).

Segundo relato da vítima no processo, no dia que aconteceu o fato, o menino estava indo na companhia da irmã levar alguns salgados que eram produzidos por sua mãe, até uma residência. Na volta, a irmã sentiu vontade de defecar, tendo o feito em frente à casa do acusado, próximo ao carro dele. Neste momento, o dentista saiu de sua residência, armado e obrigou a vítima a passar as fezes em seu rosto.

"O ato de obrigar a vítima a passar fezes no rosto, somente visou a humilhá-lo, ridicularizá-lo frente às demais pessoas, como meio de vingança, em virtude da irmã da vítima ter defecado próximo ao carro do réu. O delito de injúria é consumado no momento que a vítima toma conhecimento da sua prática", disse a juíza em sua decisão.

A defesa alegou que a atitude do acusado foi mera "reprimenda de forma contundente ante o ato infracional praticado reprovável em qualquer sociedade civilizada".

O dentista, que também responde por porte ilegal de arma, chegou a ser preso no dia do crime e conduzido à Central de Flagrantes. Na decisão, a juiza concedeu o direito de ele recorrer em liberdade.

Fonte: Cidade Verde.

Curta nossa fanpage no Facebook: www.facebook.com/reporterdez

Apenas 40% dos contribuintes declararam imposto de renda no Piauí

Faltando menos de 15 dias para o fim do prazo da Declaração do Imposto de Renda Pessoa Física (DIRPF), a Receita Federal do Piauí registrou 95 mil declarações. O total equivale 40% do esperado para o estado que é 230 mil. Em todo o país, até a última semana foram recebidos 10.599.669 declarações do Imposto de Renda Pessoa Física. O prazo para entrega da declaração vai até o dia 30 de abril.

O delegado da Receita Federal em Teresina, Eudimar Alves Ferreira, ressalta que é preciso cuidado em relação ao que o contribuinte está declarando.“É fundamental não esquecer de colocar todos os rendimentos, todas as remunerações seja de salário, seja prestação de serviço, rendimentos de alugueis. Em relação as despesas, tentar colocar realmente só as despesas pagas pelo declarante relativas a ele mesmo e seus dependentes”, explica.

Como declarar:

A declaração poderá ser preenchida de três formas: computador, por meio do Programa Gerador da Declaração (PGD) IRPF2018 e disponível no site da Receita, dispositivos móveis (mediante acesso ao serviço “Meu Imposto de Renda”, acessado por meio do aplicativo APP “Meu Imposto de Renda”, para tablets e celulares, computador, mediante acesso ao serviço “Meu Imposto de Renda”, disponível no Centro Virtual de Atendimento.

Além disso, a TV Receita disponibiliza ainda no seu canal no YouTube, cinco vídeos que esclarecem aspectos que geram dúvidas a muitas pessoas no momento em que precisam cumprir sua obrigação apresentando à Federal. São cinco vídeos que abordam as novidades, forma de declarar, bens e rendimentos, quem é obrigado a declarar e deduções.

“Para o contribuinte que for deixar para declarar no último dia e não conseguir todas as informações, a dica que nós damos é que mesmo assim ele transmita no site, ou em um dos nossos recursos disponíveis. Após isso, ele poderá fazer uma declaração retificadora. O importante mesmo é não deixar de declarar”, afirma.

A multa por atraso na entrega da declaração é cobrada quando o contribuinte estiver obrigado a apresentar a declaração e esta for realizada após 30/04/2018. O valor mínimo cobrado para quem perder o prazo é de R$ 165,74 e a máxima é de 20% do imposto devido. Se a multa não for paga, a incidência de juros de mora é com base na taxa Selic.

Fonte: Meio Norte.

Curta nossa fanpage no Facebook: www.facebook.com/reporterdez

BR-343 em Teresina será liberada para tráfego nesta quarta-feira

O trecho da BR -343, em Teresina, rompido devido às fortes chuvas, está na fase de conclusão para ser entregue nesta quarta-feira (18). A obra que está há 14 dias em andamento, passa pelo processo de terraplanagem, o que de acordo com José Ribamar Bastos, superintendente do Departamento Nacional de Infraestrutura de Transporte (DNIT-PI) tudo tem ocorrido dentro do prazo. A entrega da obra garantirá que e o tráfego volte à normalidade, levando em conta que muitos transtornos foram causados com a sua interdição. 

Segundo José Ribamar Bastos, a entrega do trecho da BR só será prejudicada caso as chuvas voltem a cair, pois os últimos ajustes de terraplanagem são feitos com terra, e isso prejudicaria o andamento. “Hoje estamos fechando com o aterramento e nesta terça-feira caso não haja imprevistos como a chuva, jogaremos o asfalto e na quarta estaremos com ela pronta”, afirmou o Superintendente em entrevista ao JMN. 
A interdição afetou o tráfego na região sendo que os condutores tiveram que buscar alternativas como a Avenida Joaquim Nelson ou Expedicionários, aumentando a rota um pouco mais para quem quisesse pegar a BR-343 no sentido Altos ou ainda para quem tivesse como destino o bairro Planalto Uruguai. 

Para o estudante Marcos Andrade, que diariamente tinha como caminho o trecho rompido, o bloqueio da rodovia causou grandes prejuízos, pois o gasto de combustível em seu veículo também aumentou, como também o tempo que passou a levar de sua casa para o trabalho e para a faculdade. 

“Ansioso pela entrega dessa BR, pois esse trecho é muito movimentado e faz muita falta com ela interditada. Perdemos muito tempo com os atalhos que podemos pegar. Quando isso acontece vale lembrar que passamos por locais escuros, gerando risco de vida”, disse. 

Para o estudante Marcos Andrade, que diariamente tinha como caminho o trecho rompido, o bloqueio da rodovia causou grandes prejuízos, pois o gasto de combustível em seu veículo também aumentou, como também o tempo que passou a levar de sua casa para o trabalho e para a faculdade. 

“Ansioso pela entrega dessa BR, pois esse trecho é muito movimentado e faz muita falta com ela interditada. Perdemos muito tempo com os atalhos que podemos pegar. Quando isso acontece vale lembrar que passamos por locais escuros, gerando risco de vida”, disse. 

Moradores temam novo alagamento

Para a recuperação do trecho da BR-343, o DNIT colocou manilhas maiores no intuito de solucionar o problema da vazão das águas passadas. O problema aconteceu depois das pequenas manilhas não suportarem o volume de água a ser transposta de um lado para o outro da rodovia. Na ocasião, muitas casas do bairro Recanto das Palmeiras foram alagadas. 
Com o aumento da vazão das águas de um lado para o outro da rodovia, moradores temem que alagamentos voltem a acontecer caso as chuvas continuem. 

O líder comunitário Raimundo Nonato,morador da região há 30 anos, diz que a preocupação de alagamento das famílias no bairro ainda continua, e agora com uma preocupação maior, já que a vazão de água encaminhada para o canal que passa pelo bairro aumentou. 
“Eles aumentaram a vazão de água apenas para ser encaminhado para o canal. Não fizeram a mesma coisa com as galerias que vêm logo à frente. Então quando vier muita água essas manilhas das três galerias que cortam o bairro não irão suportar. Vai sobrar para as famílias que serão alagadas”, explica Raimundo. 
“As três galerias devem ser ampliadas para que o problema seja solucionado. Tem que deixar mais larga, isso utilizando máquinas. Para isso pedimos urgência na ação da prefeitura para que não passemos o que foi visto por todos”, finaliza (H.L.)

“As três galerias devem ser ampliadas para que o problema seja solucionado. Tem que deixar mais larga, isso utilizando máquinas. Para isso, pedimos urgência na ação da prefeitura para que não passemos o que foi visto por todos”, finaliza.

Fonte: Meio Norte.

Curta nossa fanpage no Facebook: www.facebook.com/reporterdez