Logotipo R10
Homem  é assassinado a tiros em Piripiri; PM suspeita de execução

Por volta das 8h da manhã desta quinta-feira, dia 24/05, o Tenente Cel. Erisvaldo Viana recebeu a informação que uma pessoa de nome Francisco Nogueira, vulgo cabeludo, tinha sido encontrado sem vida. 

A vítima havia chegado na última segunda-feira do Maranhão e foi morto com tiros de arma de fogo durante a madrugada na comunidade Angical do DNOCS, zona rural de Piripiri.

A Polícia Militar foi até o local e conversou com uma prima que mora ao lado de onde o corpo foi encontrado e ela revelou que escutou os tiros, mas não viu ninguém. A PM preservou o local até a chegada da perícia e do Delegado Regional de Piripiri. Ainda na conversa a prima da vítima, informações preliminares, levam a Polícia a crer que foi um acerto de contas. 

O Tenente Cel. juntamente com sua equipe ainda fez uma incursão na mata, mas não encontraram nada e nem ninguém suspeito nas áreas do entorno dessa localidade.

Polícia Civil de Piripiri divulga nota após declarações de delegado da PF

A 4ª Delegacia Regional de Polícia Civil em Piripiri divulgou uma nota após a Polícia Federal no Piauí informar que está investigando um servidor da Polícia Civil do município de Piripiri que estaria participando de uma organização criminosa especializada em fraudes a benefícios assistenciais do INSS concedidos a idosos e deficientes. A declaração ocorreu após ser deflagrada a “Operação Biditos” na terça-feira (8).

O delegado da PF, Lucimar Sobral Neto, afirmou que esse servidor ajudou um empresário, que participa da quadrilha, durante uma prisão em flagrante, entregando o celular e cartões que haviam sido apreendidos.

Na nota a 4ª Delegacia Regional de Polícia Civil em Piripiri, sob o comando do delegado Jorge Terceiro, criticou a forma como a investigação foi conduzida e destacou surpresa sobre a divulgação dessas informações. “Os citados ‘cartões’ de titularidade de terceiros e os ‘aparelhos celulares’ dos autuados, apreendidos durante uma autuação em flagrante delito ocorrida em verdade no início do mês de novembro/2017 ainda encontram-se regularmente apreendidos pela Polícia Civil de Piripiri/PI com procedimento investigativo ainda em trâmite, o que poderia ter sido constatado por uma simples e rápida diligência para verificação da veracidade por parte da respeitosa Polícia Federal em nosso Complexo de Delegacias, o que jamais ocorreu”, destacou a nota.

Afirmou ainda que qualquer irregularidade por parte de um servidor será investigada, mas que ao não citar o nome do suspeito deixou os demais policiais prejudicados. “Ora, tal pronunciamento sem qualquer especificação da autoria dá margem a especulações acerca da índole de todos os servidores deste órgão, não gerando qualquer proveito à elucidação dos fatos investigados pela nobre Polícia Federal, além de causar extremo desconforto pois, ao não individualizar o servidor, põe a todos sob o mesmo juízo de suspeição. Ressaltamos que não coadunamos com qualquer atitude nociva à legalidade, moralidade e probidade no exercício de nosso mister, motivo pelo qual uma vez identificado o servidor por ventura envolvido nos fatos investigados, a Polícia Civil através de seu órgão correicional tomará todas as medidas cabíveis", pontuou.

Confira a nota na íntegra:

A 4ª Delegacia Regional de Polícia Civil em Piripiri/PI vem através da presente nota se manifestar em referência às matérias veiculadas em diversos portais de notícia como “G1”, “GP1” e “O Dia” dentre outros na tarde de ontem (08.05.2018) nas quais constam trechos de entrevista coletiva prestada pelo Exmo. Dr. Lucimar Sobral Neto, delegado coordenador da força tarefa da Polícia Federal que atuou na “Operação Biditos” deflagrada na cidade de Piripiri na mesma data, em que este, aqui em resumo, faz referência a uma “subtração” de cartões de benefícios e “troca” de aparelhos celulares apreendidos pela Polícia Civil de Piripiri/PI no mês de outubro/2017, relativos a uma autuação em flagrante de dois investigados também presos novamente agora na citada operação, bem como da participação de um “servidor da Polícia Civil” na “subtração” e “troca” dos objetos dentro da unidade policial o qual ainda estaria “sendo identificado”.

Tais afirmações, inobstante a respeitabilidade do órgão investigativo da qual emanam e a importância do ato público no qual foram prolatadas para conhecimento de toda a sociedade, incorrem primeiro no simples óbice de não corresponderem à realidade e, em segundo, de não atenderem de forma alguma à boa técnica investigativa – o que, convenhamos, foge completamente ao padrão da Polícia Federal, a nós causando espanto – gerando indignação por parte de servidores deste órgão e danos à imagem da Polícia Civil junto à sociedade local, imagem está de respeito e confiança construída a muito custo por todos os servidores desta Regional de Polícia e que a nós cabe defender e resguardar, sendo esta a razão primordial da presente nota.

Não correspondem à realidade na medida em que os citados “cartões” de titularidade de terceiros e os “aparelhos celulares” dos autuados, apreendidos durante uma autuação em flagrante delito ocorrida em verdade no início do mês de novembro/2017 ainda encontram-se regularmente apreendidos pela Polícia Civil de Piripiri/PI com procedimento investigativo ainda em trâmite, o que poderia ter sido constatado por uma simples e rápida diligência para verificação da veracidade por parte da respeitosa Polícia Federal em nosso Complexo de Delegacias, o que jamais ocorreu.

Como dito, também a boa técnica investigativa passou ao largo do caráter de sigilosidade que deve nortear todos os procedimentos investigativos no âmbito das polícias judiciárias, já que açodadamente divulgou-se a “informação” de que um servidor da Polícia Civil “ainda não identificado” estaria envolvido nos fatos. Ora, tal pronunciamento sem qualquer especificação da autoria dá margem a especulações acerca da índole de todos os servidores deste órgão, não gerando qualquer proveito à elucidação dos fatos investigados pela nobre Polícia Federal, além de causar extremo desconforto pois, ao não individualizar o servidor, põe a todos sob o mesmo juízo de suspeição. Ressaltamos que não coadunamos com qualquer atitude nociva à legalidade, moralidade e probidade no exercício de nosso mister, motivo pelo qual uma vez identificado o servidor por ventura envolvido nos fatos investigados, a Polícia Civil através de seu órgão correicional tomará todas as medidas cabíveis.

Esperamos que a Polícia Federal, órgão de destacada posição constitucional e pelo qual sua coirmã Polícia Civil nutre extremo apreço, retifique seu pronunciamento como forma de abrandar os efeitos danosos ocasionados à imagem da Polícia Civil em Piripiri e reforçar os vínculos institucionais e de cooperação que devem nortear a atuação das duas instituições na satisfação do interesse público.

GP1.

Homem é preso por populares após roubar celular de mulher no Centro de Piripiri

Um homem, de nome não identificado por nossa reportagem, foi preso por populares na noite de sábado (05), acusado de ter roubado o celular de uma mulher, por volta das 22h, na Praça da Bandeira, no centro de Piripiri.

Após ter roubado o celular o jovem saiu correndo e foi preso por populares que acionaram a polícia militar. O acusado foi autuado e conduzido à delegacia.

Polícia Civil de Piripiri prende estelionatário que agia contra idosos na cidade

A Polícia Civil do Piauí, através da Delegacia Regional em Piripiri, efetuou a prisão de um estelionatário que aplicava golpes em idosos na cidade.

Segundo informações da própria Polícia Civil as investigações apontaram que  o criminoso, residente na cidade, enganava vítimas idosas se passando por funcionário de bancos ou operadoras de cartão de crédito e, após iludir as vítimas, já de posse do cartão , senha e CPF das mesmas, fazia compras de aparelhos eletrônicos como celulares e notebooks nas lojas da cidade. 

A Polícia Civil representou ao Poder Judiciário pela prisão do indivíduo, o que foi concedido com a expedição de mandado de prisão preventiva que foi cumprida pelos policiais na data de ontem.

O criminoso já foi recambiado de Piripiri para custódia em unidade carcerária adequada.

PM realiza operação para coibir abusos e arruaças durante Festa dos Motoqueiros

Teve Início ontem e irá até domingo uma operação da policial militar visando reprimir abusos e arruaças de motoqueiros, bem como reprimir assaltos na Cidade de Piripiri por ocasião da festa dos motoqueiros. 

Nesse período a fiscalização será rígida na averiguação de documentação dos veículos, do condutor, equipamentos obrigatórios. Não será permitida a retirada de cano de descarga e já serão aplicadas as novas penalidades do CNT e da lei que coibe rachas, levantamento de pneus de moto que define como crime. Nesses casos será expedido auto de prisão em flagrante delito por crimes de trânsito. 

Foi assinado um termo de ajuste e conduta que proíbe a passeata de motocicletas no domingo. O termo de ajuste que foi assinado entre organizadores, polícia, MP e PRF foi ajustado em virtude de muitos acidentes com vítimas fatais em eventos desta natureza em anos anteriores, onde a vida de jovens foram ceifadas precocemente em virtude de imprudências de menores na condução de veículos automotores, de tal modo que grande parte da população reclamava da barulheira realizada durante a festa atingindo a paz pública.


1ª mão: Delegado Jorge Terceiro fala de alterações na legislação criminal

Em entrevista concedida ao site reporter10.com na manhã desta quinta-feira (26), o delegado Jorge Terceiro falou sobre algumas alterações na legislação criminal ocorridas no último mês.

Uma das alterações foi na lei 308 do código de trânsito modificada pela lei 13.546 de 2017. Com a alteração fica estabelecido que participar, na direção de veículo automotor, em via pública, de corrida, disputa ou competição automobilística ou ainda de exibição ou demonstração de perícia em manobra de veículo automotor, não autorizada pela autoridade competente, gerando situação de risco à incolumidade pública ou privada a pena agora será de 6 meses a 3 anos.

Antes da alteração da lei, o individuo respondia apenas a um Termo Circunstanciado de Ocorrência (TCO) e era liberado.

Segundo o delegado Jorge Terceiro, o indivíduo flagrado pela Polícia Militar ou Polícia Civil será preso em flagrante e só sairá mediante pagamento de fiança. O veículo apreendido, por ser instrumento da prática do crime, seguirá os autos do inquérito para o Fórum.

A outra mudança é na lei 11340/2006, a Lei Maria da Penha, que trouxe uma série de medidas para coibir e prevenir a violência doméstica e familiar contra a mulher.

Dentro dessas medidas, existe a possibilidade da mulher solicitar ao poder judiciário uma concessão de medida protetiva para afastar o agressor de seu domicílio. Com a mudança na legislação foi criado o artigo 24-A, que diz que descumprir decisão judicial que defere medidas protetivas de urgência previstas na Lei: 13.641/2018 será preso e ficará a disposição do judiciário.

A pena é de detenção de 3 (três) meses a 2 (dois) anos e o delegado não poderá arbitrar fiança na delegacia, apenas o juiz.

Texto e fotos: Redação do site reporter10.com.

PRF de Piripiri recupera três motocicletas roubadas em uma semana

A Polícia Rodoviária Federal (PRF) de Piripiri, através de suas equipes de serviço que atuam em Piripiri e Campo Maior, recuperam três motocicletas com registro de furto/roubo, na última semana. A primeira ocorrência foi na segunda-feira (16), na cidade de Piripiri, ocasião em que os policiais rodoviários federais avistaram uma motocicleta Honda/CG 125 Fan de cor preta, estacionada em frente a uma faculdade particular da cidade; ao consultar o veículo, constatou-se que se tratava de uma motocicleta com registro de roubo; a equipe PRF, após algumas diligências no local, não localizou o seu condutor; com o apoio da PM local, o veículo foi encaminhado ao pátio da PRF de Piripiri, para procedimentos da PRF. 

As duas outras ocorrências se deram na quinta-feira (19), com veículos que estavam estacionados às margens da Br 343, nos quilômetros 214 e 306 da rodovia federal, municípios de Capitão de Campos e Altos, respectivamente. Nessas duas abordagens, foram feitas as consultas devidas aos veículos, constatando-se registros de roubo para ambas as motocicletas, de são de mesmas características: Honda/CG 125 Fan Ks de cor preta. Ressalta-se que na ocorrência no município de Altos, apresentou-se como condutor do veículo o sr. F. S. P. sendo o mesmo conduzido à Delegacia de Polícia Civil de Altos, para responder pelo crime de receptação. Todas as ocorrências foram encaminhadas para a Polícia Civil, para os procedimentos devidos da respectiva autoridade policial, incluindo a restituição dos veículos aos seus proprietários.

A PRF mais uma vez orienta a população a não adquirir motocicletas sem a comprovação de sua origem lícita, devendo sempre o comprador procurar os órgãos policiais/de trânsito para constatação da regularidade do veículo.


Polícia civil de Piripiri prende autores de arrombamentos e roubos na cidade

A Polícia Civil do Piauí, através das equipes da Delegacia Regional, 1° DP e 2° DP de Piripiri, sob comando dos Delegados Jorge Terceiro e Ricardo Oliveira, efetuou na manhã de hoje a prisão de dois indivíduos que atuavam na cidade de Piripiri praticando furtos a estabelecimentos comerciais por meio de arrombamento, bem como assalto a mão armada.

"Os dois presos já foram detidos outras vezes pela Polícia Civil e pela Polícia Militar de nossa cidade mas, uma vez soltos, voltaram a delinqüir praticando novas condutas criminosas. A Polícia Civil instaurou procedimentos e representou novamente pela prisão de ambos, tendo o Poder Judiciário, após parecer favorável do Ministério Público, atendido as representações de prisão concedendo os mandados que hoje foram cumpridos." Afirmou o Delegado Regional e do 1°DP  Dr. Jorge Terceiro.

Segundo o Delegado do 2° DP Dr. Ricardo Oliveira "a paralisação parcial das atividades da Polícia Civil em andamento não inibe o cumprimento dos referidos mandados haja vista a necessidade da rápida retirada desses indivíduos de circulação para evitar novas práticas delitivas na circunscrição".

A dupla de criminosos já foi recambiada para custódia em local adequado em outra circunscrição.

Suspeita de assalto termina em tiroteio em frente à loja no centro de Piripiri

Hoje, 17, pela manhã suspeita de assalto termina em tiroteio. Dois elementos se aproximaram de uma loja localizada na Rua Santos Dumont de forma suspeita. O proprietário, conhecido como "Toim Cabaré", desconfiou da movimentação e desferiu vários disparos contra os suspeitos. Um deles foi atingido na perna e outro saiu ileso.

Os dois conseguiram escapar e a Polícia Militar abriu diligências para apurar o ocorrido!

Homem acusado de estupro de vulnerável é preso em Piripiri

A polícia militar de Capitão de Campos, comandada pelo Cabo Antonio Marcos e com a participação do ACFC-PM Carlos Alberto, prenderam nesta sexta-feira, 13, Raimundo Nonato Alves Cardoso, 52 anos, residente no povoado Baixa Fria zona rural do município.

Sobre ele pesa a acusação de estupro de vulnerável contra sua enteada de apenas 9 anos de idade. O fato ocorreu na noite desta sexta-feira dia 13.

O mesmo foi encaminhado ao complexo de delegacias de Piripiri, onde serão tomadas todas as medidas cabíveis, ele deverá ser enquadrado no artigo  213 do Código Penal Brasileiro.


Idoso fica ferido após ser atropelado por veículo no centro de Piripiri

 Um homem ficou ferido em um acidente ocorrido na noite deste domingo (08), na Avenida Tomaz Rebelo, próximo ao convento dos padres.

Segundo informações de populares, a vítima seguia em uma moto, modelo Broz, quando foi atropelado por um veículo que seguia no mesmo sentido.

 O motorista nao permaneceu no local do acidente. A vítima foi socorrida e levada ao hospital na viatura da Polícia Militar.


Ladrão usa máscara do personagem Anonymous para roubar panificadora em Piripiri

Na noite de sábado, um homem usando uma máscara do Anonymous, assaltou uma panificadora na Avenida Tomaz Rebelo. Recentemente um posto de combustível no centro da cidade também foi assaltado por um homem usando a mesma mascara.

A polícia está em diligencias para tentar identificar e prender o assaltante.


Anonymous é uma legião que se originou em 2003. Representa o conceito de muitos usuários de comunidades online existindo simultaneamente como um cérebro global.

Bandidos explodem Banco do Brasil e Caixa Econômica em Piracuruca

Meliantes  fortemente armados explodiram as agências do Banco do Brasil e Caixa Econômica Federal em Piracuruca, por volta das duas e meia da manhã de hoje dia (03/04).

População está amedrontada com o ocorrido, pois, há mais de um ano a mesma agência do Banco do Brasil foi alvo de bandidos, onde vários clientes foram mantidos reféns e em setembro de 2014 foi detonada da mesma forma, infelizmente parece já está virando rotina de bandidos, a polícia já está em diligência para capturar os acusados.

Fonte: piracurucaaovivo.com

PRF DE PIRIPIRI PRENDE MAIS UM HOMEM COM MANDADO DE PRISÃO POR CRIME DE ESTUPRO

Em 26 de março do ano de 2018, por volta das 14h40 horas, no km 189 da BR 343, no município de Piripiri/PI, durante fiscalização de rotina da equipe de serviço PRF, em frente à unidade operacional, foi abordado um veículo FIAT Uno, ocasião em que constatou-se que o seu condutor, sr. A. P. S., possui um mandado de prisão em seu desfavor, pelo crime de Estupro, no  Estado de Goiás. 

O fato foi confirmado através de consultas aos sistemas policiais e da Justiça. Envolvido encaminhado à delegacia da Polícia Civil de Piripiri, para serem tomadas as medidas cabíveis seguintes por parte da Polícia Judiciária.

Polícia Militar de Piripiri recupera mais uma moto roubada. Ninguém foi preso

Essa é mais uma das inúmeras motos roubadas que a PM de Piripiri recupera

23 de maro de 2018 15:29h Categoria: Polícia Comentários ()
Polícia Militar de Piripiri recupera mais uma moto roubada. Ninguém foi preso

Hoje, 23, pela manhã a PM, guarnição composta pelo Sargento  Anselmo e R; Gomes, sob a coordenação do Comandante da PM Tenente-Coronel Erisvaldo Viana, conseguiram recuperar mais uma moto roubada em Piripiri.

A moto estava nas proximidades do Rio dos Matos e foi levada para delegacia, onde será restituída ao dono. Ninguém foi preso.

Polícia Militar de Piripiri realiza Operação Quaresma

A Polícia Militar de Piripiri realiza barreiras nas PIs que ligam a Cidade de Piripiri a Batalha, Piripiri a Barras e Piripiri a localidade Formosa.

A Operação Quaresma tem o intuito de combater a iminência de quadrilhas de assaltos a bancos e a carro forte no município e região. Essa operação seguirá até o dia 26 de março, consistindo em blitz, barreiras e bloqueios.

"A ação é prioritariamente preventiva, mas a PM está fazendo sua missão constitucional que é de preservar a ordem pública e incolumidades das pessoas", disse o comandante do 12° Batalhão, tenente coronel Erisvaldo Viana.

Durante a operação foram abordados 52 veículos visando a prevenção os crimes.


Força tática faz operação relâmpago e apreende três motos e um simulacro de arma

A Polícia Militar realizou uma operação ontem das 19:00h às 22:00h na zona urbana de Piripiri e conseguiu localizar 03 motos suspeitas, Além de um simulacro de arma de fogo. As motocicletas foram encaminhadas ao pátio da Delegacia Geral para serem periciadas

Polícia Civil de Piripiri prende homem com mandato de prisão em aberto no RN

A Polícia Civil de Piripiri, através do setor de investigação do 2° Distrito Policial, comandado pelo Delegado Ricardo Oliveira, com apoio da Delegacia de Campo Maior e Polícia Militar de Piripiri, cumpriu na tarde de desta quinta-feira (15), um mandado de prisão expedido pela Justiça Criminal do Rio Grande do Norte em desfavor do nacional de iniciais J. O. da S., após condenação pelo crime de homicídio qualificado em sentença transitada em julgado, crime esse praticado no ano de 1997 na cidade de Jucurutu/RN.

O preso será imediatamente inserido no sistema penitenciário para que seja remanejado ao seu Estado de origem para início do cumprimento em regime fechado da pena de 14 anos e 06 meses de reclusão.

PRF de Piripiri prende passageiro de ônibus com 29 kg de cocaína

Em 15 de março do ano de 2018, por volta das 11:00 horas, no km 189.0 da BR 343, no Município de Piripiri/PI, durante Operação Faro II, Agentes  da Polícia Rodoviária Federal, abordou ônibus da Empresa Real Maia, placas QKB6150/TO, itinerário Belém/Fortaleza, onde foi realizada busca no bagageiro externo do referido veículo com a utilização dos cães farejadores do Grupo de Operações com Cães da Polícia Rodoviária Federal, que sinalizaram positivamente para a presença de drogas em duas caixas bem embaladas contendo 27 tabletes com aproximadamente 29.300g, envolvidos em fitas adesivas de cores azul e amarela, os quais tinham em seu interior substância de forma, cor e, principalmente, odor análogo à cocaína, a julgar pela indicação dos  cães farejadores para a existência de entorpecente. 

Em decorrência deste fato a equipe efetuou a abordagem aos passageiros do ônibus, quando ao conversar com o passageiro da poltrona de nº 59 que, muito nervoso, confessou ser o dono da droga. Noutra bagagem com vestimentas, ainda, foram encontrados vários rolos de fita, semelhantes à utilizada na preparação das caixas. Foi dado voz de prisão ao passageiro de iniciais P. S.B., 52 anos e conduzido, o mesmo junto com o material ilícito à Delegacia de Polícia Civil de Piripiri-PI para procedimentos cabíveis de apuração de crime de tráfico de drogas.

O passageiro informou que havia iniciado a viagem em Belém-PA e iria para Fortaleza/CE, onde entregaria a encomenda, e teria recebido R$ 2.500,00 pelo transporte do entorpecente.

Polícia Civil de Piripiri prende autor de extorsão que agia em comércios

A Polícia Civil do Piauí, através da Delegacia Regional de Piripiri, efetuou na manhã de hoje (14) a prisão de um indivíduo apontado em investigações como autor de crime de extorsão praticado em vários estabelecimentos comerciais da cidade.

Segundo as investigações, durante a prática dos delitos o criminoso fazia alusão a falsas "dívidas" dos proprietários dos estabelecimentos para com sua pessoa, intimidando os funcionários, perguntando sobre as vendas do local e solicitando que estes lhe entregassem quantias em dinheiro, sempre dizendo para que após o fato não comunicassem nada à Polícia.

"O autor somente abordava estabelecimentos em que não havia homens, apenas funcionárias mulheres, o que tornava mais fácil o constrangimento das mesmas obrigando-as a lhe dar informações sobre as vendas do local, incutindo medo nelas de que se não cumprissem com suas exigências algo poderia ocorrer inclusive com os proprietários dos estabelecimentos, fazendo gestos de que poderia estar armado e dizendo que não informassem nada à Polícia. Com as investigações a cargo da Polícia Civil, foram reunidos elementos suficientes para o pedido de prisão preventiva que foi acatado pelo Poder Judiciário de Piripiri e cujo mandado foi cumprido no fim da manhã de hoje por nossas equipes." Informou o Delegado Regional Dr. Jorge Terceiro.

O autor do delito, que já foi recambiado para o sistema prisional, responderá pela prática do delito de EXTORSÃO EM CONTINUIDADE DELITIVA (art. 158 c/c art. 71 do Código Penal), podendo ao final ser condenado a mais de 16 anos de prisão.