Logotipo R10
Audiência pública discute soluções para diminuir número de acidentes na BR-343

Os deputados da Comissão de Infraestrutura da Assembleia Legislativa foram a Piripiri, nesta quarta-feira (17) para tratar com lideranças da cidade uma solução para a travessia de moradores dos conjuntos habitacionais Petecas I, II e III. Proposta pelo deputado estadual Marden Menezes (PSDB), a audiência foi conduzida pelo deputado Wilson Brandão (PSB) e contou com a participação do Departamento Nacional de Infraestrutura (Dnit).

Para deputado Marden Menezes, que é presidente da Comissão de Infraestrutura, uma solução possível para a região é a adoção de um túnel abaixo da pista da BR ou a construção de uma rotatória na região. “Precisamos ouvir a opinião técnica para achar uma solução viável para que os representantes políticos possam ir buscar os recursos necessários”, disse o parlamentar ressaltando que os moradores atualmente correm perigo de acidentes na BR-343 quando atravessam a rodovia.

Entre as lideranças comunitárias há o sentimento de que uma solução é necessária o mais rápido possível para os moradores das 4300 casas que compõem os 3 conjuntos habitacionais. “A rotatória é um solução de baixo custo e benefícios para a população piripiriense. Espero que logo seja feita pela saúde no nosso trânsito”, disse o vereador Genival Cigano (PV), que também mora na região dos conjuntos habitacionais.

O prefeito de Piripiri, Luís Meneses (PMDB), defendeu que a solução para o elevado número de acidentes na região dos conjuntos passa também mais medidas voltadas para a educação no trânsito. “Além de qualquer solução que seja adotada é preciso investir na educação no trânsito”, enfatizou o prefeito que lamentou a depredação dos monitores de velocidade na BR-343, na região dos conjuntos, que poderiam colaborar para a redução do número de acidentes.

Paulo de Tarso Cronemberger, superintendente do Dnit, concordou com o prefeito ao explicar que são necessárias mais discussões técnicas para a realização de qualquer obra que possa solucionar o perigo para os moradores na travessia da BR-343, a altura do conjunto Petecas. “Antes de decidir por uma solução ou outra é preciso uma análise mais técnica. Uma solução mais imediata é a sinalização horizontal e vertical e a educação no trânsito”, disse o superintendente.

Participaram da audiência pública também os deputados estaduais Firmino Paulo (PSDB), Juliana Moraes Souza (PMDB) e Rubem Martins (PSB). A partir do encontro ficou acertada a realização de estudos técnicos pelo Dnit para a apresentação da solução mais adequada para os moradores dos conjuntos Petecas e quem passa pela região.