Logotipo R10
Marden Menezes considera permanência de Tasso à frente do PSDB favorável ao NE

O presidente do PSDB no Piauí, deputado Marden Menezes (PSDB) participou hoje (24), em Brasília, de reunião com a Executiva Nacional do partido para discutir a reforma política e a antecipação das convenções tucanas.

O encontro confirmou a permanência do senador Tasso Jereissati no comando da sigla, que antecipará as convenções municipais, estaduais e nacional para outubro, novembro e dezembro, respectivamente. Até o final do ano, espera-se também o anúncio da pré-candidatura do partido à presidência da república, que está entre os nomes do Governador de São Paulo Geraldo Alckmin e do Prefeito de São Paulo João Dória, aliados no maior colégio eleitoral do Brasil.

“Foi uma reunião importante, em que a manutenção do senador Tasso Jereissati à frente do PSDB tranquilizou os ânimos e, para nós Nordestinos, é um fato relevante, ressaltou Marden Menezes.

Segundo o parlamentar piauiense, a maioria das lideranças estaduais do PSDB, presentes à reunião, posicionaram-se a favor da proposta que põe fim às coligações proporcionais, aprovada anteontem na Comissão Especial da Câmara Federal e que deve ir a plenário na próxima semana.

Marden, que encerrará o seu mandato em novembro à frente do Partido no Estado, afirmou ainda que no Piauí é necessário o diálogo com o Prefeito da Capital Firmino Filho, com a bancada estadual e com as lideranças municipais para definir os rumos do PSDB no PI.

"Naturalmente a antecipação das Convenções antecipa também os entendimentos partidários locais, em cada Estado. Certamente o PSDB do Piauí deverá conversar nos próximos dias sobre a sua situação", esclareceu Menezes.

Participaram da reunião representantes estaduais de todo o Brasil, além dos membros da executiva nacional da agremiação.