Logotipo R10
Pesquisa do Instituto Credibilidade: WELLINGTON 39%, LUCIANO 15%, PESSOA 3%

Histórico de pesquisas mostram tendência de queda de Wellington Dias desde o mês de fevereiro de 2018 (fotos: Jailson Soares | PoliticaDinamica.com)

O Política Dinâmica teve acesso à última pesquisa do Instituto Credibilidade para governador do Piauí. O resultado confirma uma tendência de queda na intenção de votos de Wellington Dias, do PT, mesmo tendo sido realizada antes de Elmano Ferrer (Podemos) anunciar sua desistência e antes de Dr. Pessoa (Solidariedade) afirmar sua candidatura ao governo do Estado.

Luciano tem circulado com sua pré-campanha por todo o Piauí, ao passo em que as ordens de serviço assinadas pelo governador Wellington Dias vão se acumulando sem que as obras comecem em centenas de municípios (foto: Jailson Soares | politicaDinamica.com)

Em um dos cenários estimulados, Wellington Dias tem 39,67% das intenções de voto. Logo em seguida vem o tucano Luciano Nunes (PSDB), com 15,92%. Nesse cenário, o senador licenciado Elmano Ferrar obteve 6,58% das intenções de voto e o Dr. Pessoa é o preferido de 3,83% dos entrevistados. O jurista Valter Alencar (PSC) aparece com 1,00%. Todos os demais candidatos somam 1,08%. Nenhum/Branco/Nulo são 1,08% e não sabem ou não quiseram opinar 22,33%.

TENDÊNCIA DE QUEDA

Wellinton Dias chegou a ter 70% dos votos válidos em pesquisa do Instituto Amostragem de fevereiro deste ano (PI-00411/2018). Depois disso, o mesmo instituto trouxe no mês de abril o petista com 51,80% (PI-06776/2018) das intenções de voto. Estas pesquisas foram encomendadas pela TV Meio Norte.

A pesquisa foi realizada antes da entrada de Dr. Pessoa na disputa; nos bastidores fala-se em um cenário ainda mais complicado do que mostra esta pesquisa para o petista Wellington Dias (foto: Jailson Soares | politicaDinamica.com)

Em junho a TV Cidade Verde fez sua pesquisa pelo Instituto Opinar, que apontou Wellington Dias com 50,00% das intenções de voto (PI-09989/2018). Em julho, fizeram mais uma pesquisa e o resultado foi outra queda: Wellington estava com 47,69%.

De lá pra cá, Wellington Dias quebrou acordo com o MDB, trocou de vice e empurrou a senadora Regina Sousa goela abaixo de seus aliados como sua sucessora. A mensagem de golpe foi ruim e o impacto disso no interior pode ter afetado o desempenho do petista nesta pesquisa do Instituto Credibilidade, na qual ele pontua com 39,67%.

REJEIÇÃO

Wellington Dias tem a maior rejeição entre os candidatos ao governo testados na pesquisa. Não votariam de jeito nenhum no petista 21% dos entrevistados, contra 3,17% de rejeição ligada ao nome de Luciano Nunes. Já o senador Elmano Ferrer tem nesta pesquisa 7,50% de entrevistados que não votariam nele de jeito nenhum. Dr. Pessoa possui 3,08% de rejeição. Valter Alencar aparece com 3,25% de rejeição. Não tem rejeição a nenhum dos candidatos apresentados ou não quiseram opinar sobre o assunto 48,50% dos entrevistados.

FICHA TÉCNICA

A pesquisa é presencial e foi realizada entre os dias 18 e 23 de julho de 2018. Foram 1.200 entrevistados. A margem de erro é de 2,8 pontos percentuais para mais ou para menos e o nível de confiança é de 95%. O número de registro no TSE é PI-01184/2018 e ela foi contratada pelo Partido Da Social Democracia Brasileira.

Fonte: politicadinamica.com.