Logotipo R10
WELLINGTON DIAS É HOSTILIZADO DURANTE INAUGURAÇÃO DE COMITÊ EM CAMPO MAIOR

O ato de inauguração do comitê de campanha do candidato a deputado estadual Paulo Martins (PT) foi marcado por protestos de estudantes da Universidade Estadual do Piauí Campus Heróis do Jenipapo. Antes mesmo do evento começar era grande a concentração de manifestantes que levaram cartazes, faixas e gritaram palavras de ordem contra o governador Wellington Dias em razão do sucateamento da instituição.


“Estamos aqui reivindicando nossos direitos enquanto estudantes. A educação pública no Piauí está um caos, esse grupo que hoje aqui está tem pendências com a Operação Topique por causa de desvios de dinheiro público que era para ser investido na melhorias das escolas e das universidades. Os campus da Uespi estão completamente abandonados, sem qualquer tipo de investimento por parte desse governo que está apelando para se reeleger”, disse o estudante José Eduardo ao De Olho.

Para os manifestantes, Wellington e Paulo representam o que há de pior na política local e não merecem a credibilidade dos eleitores: “Se o Paulo está trazendo o maior inimigo da educação que é esse governador, ele também não merece qualquer crédito do povo de Campo Maior. Quem é conivente com o caos não merece nosso voto e nem o nosso respeito”, destacou a estudante Ana Beatriz.

O ato de inauguração do comitê de Paulo Martins contou com a presença de poucas pessoas e foi um verdadeiro fracasso. Parece que faltou humildade por parte do candidato e do partido que resolveram interditar a Avenida Santo Antônio, interferindo na locomoção das pessoas, ao invés de realizar o ato numa das inúmeras praças da cidade.

Fonte: portaldeolho.com.br