Logotipo R10

Jales / Piripiri: Luiz Menezes tem 40% e Jôve Oliveira 36%

A pesquisa entrevistou 280 eleitores do município

15 de agosto de 2016 08:59h Categoria: Política Comentários ()
Jales / Piripiri: Luiz Menezes tem 40% e Jôve Oliveira 36%

O Instituto Jales de Pesquisa realizou nos dias 8 e 9 de agosto de 2016 uma pesquisa no município de Piripiri para verificar as intenções de voto da população para as eleições deste ano.

A pesquisa foi registrada no Tribunal Superior Eleitoral (TSE) com o número PI-04526/2016 e entrevistou 280 eleitores do município.

Questionados em quem votariam para prefeito de Piripiri, de forma estimulada, o ex-prefeito Luiz Menezes (PMDB) foi citado por 40,72%. Jôve Oliveira (PTB) foi citada por 36,07% dos eleitores. Não sabe / Não opina somaram 16,07% e Nenhum / Branco / Nulo foram 7,14%.

Na questão de intenções de votos para vereador, as pessoas que disseram que não sabem, não opinam, nenhum, branco ou nulo somaram 58,55%. Genival Sales foi citado por 4,29%, Zé Pinto 3,57% e Valdicielson 2,86%. Confira a seguir as demais intenções de voto:



Promotor investiga aumento de salários na prefeitura de Piripiri

O Ministério Público, por meio do promotor Nivaldo Ribeiro, instaurou inquérito civil com o objetivo de investigar irregularidades na gestão do prefeito de Piripiri, Odival Andrade.

O promotor afirma que tomou conhecimento pelos meios de comunicação que houve um aumento no salário dos servidores da prefeitura de Piripiri e que isso representaria uma possível afronta à legislação devido ao período eleitoral.

Na portaria de nº 05/2016, de 1º de agosto, o promotor explica que “o Ministério Público é instituição permanente, essencial, para a proteção do patrimônio público e social, do meio ambiente e de outros interesses difusos e coletivos.

Odival Andrade é ex-deputado estadual e não irá concorrer à reeleição, mas está trabalhando para eleger Jôve Oliveira, que disputa a prefeitura de Piripiri, e Socorro Mesquita, que é candidata a vice.

Outro lado

Procurado, o prefeito afirmou não saber da investigação e que "só posso dizer que isso aí é coisa do Marden [Menezes]".

Fonte: Gp1.com

João Vicente Claudino vai a Brasília e avalia filiação ao PMDB

O ex-senador João Vicente Claudino, ainda sem partido, está avaliando o convite de se filiar ao PMDB. De acordo com a assessoria de imprensa do empresário, a decisão sobre a nova filiação deve ser anunciada na próxima sexta-feira (19).

João Vicente Claudino informou a desfiliação ao PTB em abril deste ano. Após o episódio, o ex-senador segue sem partido. Na última terça- -feira (09) o empresário cumpriu agenda em Brasília e foi recebido por vários líderes do PMDB.

Segundo a assessoria de imprensa de João Vicente Claudino, ele esteve na Capital Federal a convite de representantes nacional do partido. Foi afirmado ainda que ele está avaliando a filiação ao PMDB, no qual se mostra simpatizante das bandeiras levantadas pelo partido.

Em Brasília, João Vicente Claudino esteve em reunião com o presidente interino Michel Temer, com os senadores Romero Jucá, Renan Calheiros e João Henrique Sousa, presidente nacional do Sesi.

Por: Ithyara Borges - Jornal O Dia.

Mais uma pesquisa confirma Menezes na liderança da disputa pela Prefeitura

Datamax aponta Luiz Menezes com 50% e Jove Oliveira 41%

08 de agosto de 2016 11:21h Categoria: Política Comentários ()
Mais uma pesquisa confirma Menezes na liderança da disputa pela Prefeitura

O Instituto de Pesquisas Datamax realizou pesquisa de intenção de votos para prefeito na cidade de Piripiri, no período entre os dias 2 e 3 de agosto.

Foram ouvidos 500 eleitores, distribuídos entre os bairros da zona urbana e as comunidades da zona rural. O nível de confiança da pesquisa é de 95% e a margem de erro é 4,38%. 

O resultado mostra o crescimento de Luiz Menezes (PMDB), que alcança 50,80 % das intenções de votos do eleitorado, na disputa contra Jove Oliveira (PTB), apoiada pelo atual prefeito Odival Andrade, que aparece com 41,40 %. 5,60 % dos entrevistados não opinaram e 2,20 % votam branco ou nulo.

A pesquisa mediu ainda a rejeição dos candidatos, aparecendo Jove Oliveira com uma maior rejeição, onde 28,60 % dos entrevistados rejeitam a pre-candidata da situação, contra 26,20 % de Luiz Menezes, que representa as oposições. 37,80 % não rejeitam nenhum dos dois pre-candidatos, 6,40 % não opinaram nesse quesito e 1,00 % rejeitam os dois.

Sobre a administração municipal, os números apontam a reprovação da gestão de Odival Andrade por 64,80 % dos piripirienses. 30,40 % aprovam e 4,80 % não responderam ou opinaram.

A pesquisa Datamax foi registrada junto ao TSE sob o número PI 06664/2016.

Avaliação do Governo

Já o Governo do Estado tem a aprovação de 62,60 % dos piripirienses e 30,80 % de reprovação. 6,60 % não se manifestaram nesse quesito.

Fonte: Gp1.

Pesquisa aponta que 71,67% aprovam gestão de Wellington Dias

No segundo ano do terceiro mandato à frente do Governo do Estado, o petista Wellington Dias tem a aprovação de 71,67% do povo do Piauí. É o que aponta pesquisa realizada pelo Instituto Vox Populi. Os que desaprovam a gestão são 20,17%. Já os que não sabem dizer se aprovam ou não a administração somam 6,83%; e os que preferem não responder são 1,33%.

Para 49% dos piauienses até agora o desempenho de Wellington Dias tem sido ótimo (10,5%) e bom (38,5%). Os que consideram que o governador tem feito um trabalho regular são 34,33%, sendo que 24,83% avaliam como um regular mais para positivo e 9,5% como um regular mais para negativo, segundo o Instituto Vox Populi.

Os piauienses que avaliam o trabalho de Wellington à frente do Estado como ruim somam 4,67% e os que consideram seu desempenho como péssimo são 5,5%. Os que não responderam somam 5,33% e os que não souberam opinar 1,17%. A pesquisa Vox Populi foi realizada com 600 entrevistas, no período de 26 a 31 de julho, em municípios de todas as regiões do Estado, nas zonas urbana e rural, com distribuição por sexo, idade, grau de instrução e renda.

EXPECTATIVA

71,33% esperam que o desempenho do governo Wellington Dias seja bom até o final do governo, já os que apostam em uma gestão mais ou menos são 18,33%. A expectativa do futuro da gestão é ruim para 6,33%. Não souberam opinar (3,33%) ou não responderam (0,67%), exatos 4% dos entrevistados pelo Instituto Vox Populi.


Governo é associado a atenção aos mais pobres

O governo Wellington Dias tem uma marca junto aos piauienses: para 13,67% a gestão é mais associada a atenção aos mais pobres; em seguida aparece o programa Bolsa Família com 10,33%. A boa gestão é a principal associação feita à gestão por 7,83%. O programa Minha Casa, Minha Vida é a principal referência à gestão para 7%.

Os piauienses também associam a gestão Wellington Dias a educação e ao apoio ao pequeno produtor, cada com 6%; a saúde (4,5%); ao combate à violência (4,17%) e ao crescimento econômico do estado (3,67%).

50,17% desaprovam governo interino de Temer

O governo do presidente interino Michel Temer (PMDB) é desaprovado pela maioria do povo do Piauí. 50,17% desaprovam a maneira como o peemedebista está governando o Brasil. Os que aprovam são 39%. Não souberam opinar 10,33% e preferiram não responder 0,5%.

A avaliação do desempenho de Michel Temer à frente do Governo Federal é considerada ótima para apenas 3% dos piauienses e bom para 17,67%. Os que enquadram suas ações no patamar de regular são 31,17%, sendo 20,67% um regular mais para positivo e 10,5% um regular mais para negativo.

Para 16,67% o desempenho de Temer é ruim e é péssimo para 22,83%. Os que não souberam opinar (8,33%) ou preferiram não responder (0,33%) somaram 8,66%.


59,17% dos piauienses são contra impeachment

A maioria dos piauienses é contra a aprovação do impeachment da presidente Dilma Rousseff (PT) em tramitação no Senado. Para 59,17% a presidente não deve ser impedida, segundo pesquisa do Instituto Vox Populi.

Já 35,5% se manifestam a favor do impeachment da presidente; não souberam opinar 3,83% e não responderam 1,5%. 32% dos piauienses concordam totalmente com a afirmação de que a presidente Dilma Rousseff não cometeu crime de responsabilidade que justifique o impeachment; enquanto 18,83 concordam em parte com a afirmativa.

Os que nem concordam, nem discordam são 9,83%. Já 16,5% discordam totalmente da afirmação e acreditam que a presidente não cometeu crime de responsabilidade que justifique o seu impedimento; outros 16,67% discordam em parte. Os que não sabem opinar são 4,67% e os que não responderam 1,5%.

Dilma está sendo injustiçada no processo de impeachment para 36,83% dos piauienses que concordam totalmente com a afirmação; já 17,67% concordam em partes e 9,5 não concordam, nem discordam. Para 17,67% não há injustiça no processo de impeachment, e para 12,17% há injustiça em parte, segundo a pesquisa do Instituto Vox Populi.


74,33% são satisfeitos em morar no Piauí

O levantamento do Instituto Vox Populi mediu ainda o nível de satisfação das pessoas que moram no Piauí. 74,33% afirmaram se sentir satisfeitos morando no Estado. 14,67% foram além e afirmaram se sentir muito satisfeito em viver no Piauí.

Os insatisfeitos em habitar o Piauí são 10,5%. Já os que estão muito insatisfeitos representam 0,5%. Nenhum dos pesquisados não respondeu ou não soube opinar sobre o nível de satisfação em morar no Estado.

Lula lidera com 53,67% na estimulada ao Planalto

O ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva (PT) venceria a eleição para
Presidência da República no Piauí se o pleito fosse disputado hoje no País. Na pesquisa de intenção de voto estimulada, o petista aparece com 53,67%.

Seguido pelo senador Aécio Neves (PSDB), que disputou e foi derrotado na última eleição presidencial contra Dilma Rousseff (PT), com 11%. A ex-senadora Marina Silva (Rede) aparece com 9% da preferência do eleitorado piauiense e o ex-governador Ciro Gomes (PDT) tem 5%.

O presidente interino Michel Temer (PMDB) vem em seguida com 4,17%. Já o deputado federal Jair Bolsonaro (PSC) tem declaração de voto de 2,23% dos eleitores piauienses e Luciana Genro (PSOL) aparece com 1,5%.

Os eleitores que afirmaram que não votariam em nenhum dos nomes apresentados, ou que votariam em brando ou ainda anulariam seu voto somam 11,33%. Os que não souberam opinar (2,67%) ou preferiram não responder (0,33%) são 3%.

ESPONTÂNEA

Na pesquisa de intenção de voto para Presidência da República realizada de forma espontânea, quando o entrevistador não apresenta ao eleitor um disco com os nomes dos eventuais candidatos, Lula também lidera com 22,67%; em segundo lugar aparece Aécio Neves com 4,83%.

Michel Temer tem 4% da intenção de voto espontânea do eleitor piauiense; Marina Silva surge com 2,67% e Ciro Gomes com 1,67%. O juiz Sérgio Moro, titular da operação Lava Jato, aparece também com 1,67%. Completam a lista Jair Bolsonaro (0,83%); José Serra (0,67%); Geraldo Alckmin e Luciana Genro, cada, com 0,33% e Fernando Henrique Cardoso com 0,17%.

Os que afirmaram votar em outros nomes somam 18,83%. Já os que não votariam em ninguém, em branco ou anulariam o voto são 8,67%. Não souberam opinar em quem votar para presidente de forma espontânea 32,33% e os que não responderam foram 0,33%.

Fonte: Ananias Ribeiro.

Propaganda eleitoral no rádio e na TV terá início dia 26

No rádio, a propaganda será transmitida das 7h às 7h10 e das 12h às 12h10.

05 de agosto de 2016 12:05h Categoria: Política Comentários ()
Propaganda eleitoral no rádio e na TV terá início dia 26

Faltam pouco mais de 20 dias para o início da propaganda eleitoral no rádio e na televisão, que está marcada para começar no dia 26 de agosto. As emissoras deverão alterar a programação para que os candidatos a prefeito e vereador de todo o país possam expor, de forma gratuita, suas propostas visando à eleição do próximo dia 2 de outubro.

Serão dois blocos de dez minutos cada, duas vezes por dia, de segunda a sábado, no caso de campanha para prefeito, uma vez que a Lei 13.165/2015 acabou com a propaganda eleitoral em bloco para vereador.

Na televisão, os candidatos vão se apresentar das 13h às 13h10 e das 20h30 às 20h40.

Já as inserções serão veiculadas em tempos de 30 e 60 segundos para prefeito e vereador, de segunda a domingo, em um total de 70 minutos diários, distribuídos ao longo da programação entre 5h e 00h. A divisão deverá obedecer a proporção de 60% para prefeito e 40% para vereador. Em relação aos diversos fusos dos estados, o horário da propaganda eleitoral gratuita deverá sempre considerar o horário oficial de Brasília.

Prazo da campanha
A nova legislação também alterou o prazo da campanha, que antes era transmitida por 45 dias e agora terá duração de 35 dias. Dessa forma, o último dia da propaganda em relação ao primeiro turno será dia 29 de setembro.

Conforme prevê a Resolução TSE 23.457, o cálculo do tempo a que cada candidato terá direito será feito pelo juiz eleitoral de cada município a partir do dia 15 de agosto, prazo final para que os partidos registrem seus candidatos na Justiça Eleitoral.

A resolução prevê que o juiz deve convocar os partidos e representantes das emissoras de rádio e de televisão para elaborarem um plano de mídia que garanta a todos a participação nos horários de maior e menor audiência.

De acordo com a Lei das Eleições 9.504/1997, a divisão da propaganda deverá ocorrer da seguinte forma: 90% distribuídos proporcionalmente ao número de representantes que o partido tenha na Câmara dos Deputados, considerados, no caso de coligação para eleições majoritárias, o resultado da soma do número de representantes dos seis maiores partidos que a integrem e, nos casos de coligações para eleições proporcionais, o resultado da soma do número de representantes de todos os partidos que a integrem. Os outros 10% devem ser distribuídos igualitariamente.

Fonte: TSE.

180 GRAUS/BRVOX divulga pesquisa e Luiz Menezes segue na dianteira

BrVox/Piripiri: Luís Menezes com 40% e Jôve Oliveira 37%

03 de agosto de 2016 01:08h Categoria: Política Comentários ()
 180 GRAUS/BRVOX divulga pesquisa e Luiz Menezes segue na dianteira

Em pesquisa divulgada na madrugada desta quarta-feira, 03, pelo portal 180graus/BRVOX, Luiz Menezes aparece com 40% enquanto Jôve Oliveira aparece com 37%. É a sexta pesquisa seguida em que o ex-prefeito de Piripiri aparece na dianteira. Nem mesmo a junção do "blocão" fez com que Jôve Oliveira, candidata do prefeito, aparecesse na liderança em uma pesquisa com dados completamente estranhos.

A pesquisa, segundo consta, foi realizada nos dias 29 e 30 de julho. Curiosamente, no dia 31, na convenção de Jôve Oliveira, um veículo do instituto esteve marcando presença no evento. Outro fato que chamou a atenção foi partidários da pré-candidata anunciando que tal pesquisa iria ser divulgada, como se anunciassem uma boa nova para os seus partidários.

Porém uma pesquisa com 6 % de margem de erro, ouvindo apenas 290 pessoas, numa cidade do porte de Piripiri é para deixar qualquer eleitor desconfiado.

Matéria completa no site 180graus.com. Clique aqui!


PSTU realiza convenções e lança Tibério César como candidato a Prefeito


Com o chamado “Piripiri para os Trabalhadores” o Diretório Municipal do Partido Socialista dos Trabalhadores Unificado (PSTU) lança o nome de Tibério César na chapa majoritária para as eleições municipais de 2016. A pré-candidatura oficializou neste domingo (31), às 9 horas na Unidade Escolar Professora Cassiana Rocha, centro da cidade.

Formado em Educação Popular pela Universidade Federal de Pernambuco, Tibério  César possui uma trajetória a serviço da organização da luta dos trabalhadores e trabalhadoras. Em Piripiri, Tibério foi um dos fundadores da Cooperativa Agrofamiliar dos Frutos da Terra, onde foi seu presidente por dois mandatos, e da Cooperativa de Catadores de Materiais Recicláveis. 

O pré-candidato também é membro do Fórum Estadual de Economia Solidária e em Piripiri desenvolve ações na área social. Ex-presidente do PT de Piripiri, rompeu com o petismo por discordar dos rumos tomados pela legenda e que atacam os trabalhadores. Depois de participar de um processo de discussão coletiva, Tibério César e outros ativistas dos movimentos sociais do município resolveram ingressar no PSTU, para continuar a luta em defesa do socialismo.

Tibério lançou sua candidatura para prefeito como uma alternativa de defesa do povo pobre e contra os partidos tradicionais e reacionários, ligados a grandes escândalos de corrupção e traição.

A Convenção do PSTU lançou os nomes de Zé Adalto, para vice-prefeito, e de Chico Piauí, para vereador na chapa da sigla.A solenidade de lançamento será realizada na Unidade Escolar Professora Cassiana Rocha, na Avenida Tomaz Rabelo, 1030, Centro de Piripiri.

Aos gritos, prefeito Odival comanda convenção de Jôve Oliveira. Confira o vídeo!

Na tarde do domingo aconteceu a Convenção partidária do grupo político comandado pelo prefeito Odival Andrade. O evento foi realizado na quadra Atila Lira, cujas imediações estavam repletas mais uma vez de ônibus escolares, usados indevidamente no transporte de pessoas para o evento.

Dentro da convenção o que se viu foi um clima de tensão e total desarmonia entre os representantes do grupo político da situação.

O prefeito Odival Andrade, que será o coordenador da campanha de Jôve Oliveira, teve que descer do palanque por causa da briga interna com o ex-prefeito Dr. Pinto e sua esposa Socorro Mesquita, confirmada como candidata a Vice da candidata de Odival, Jôve Oliveira.

Socorro Mesquita teve que ser convencida em sua residência a ir para o local da convenção pelo Governador Wellington Dias, que esteve minutos antes em sua residência e foi submetido a esse constrangimento.

Nas redes sociais circulam inúmeras denúncias de servidores públicos e beneficiários de programas sociais que foram coagidos a comparecerem ao evento partidário, sob pena de demissão e corte nos benefícios pelos assessores da prefeitura de Piripiri.

Confira agora o discurso do Prefeito Odival Andrade na Convenção de Jôve Oliveira.

Fonte: Cliquepiripiri.com.br


Convenções municipais dos partidos em Piripiri


Edital de Convocação REDE

30 de julho de 2016 07:07h Categoria: Política Comentários ()
Edital de Convocação REDE


Vereador Reynolds decide apoiar a pré-candidatura de Luiz Menezes

Trata-se do vereador e presidente do PROS Dr. Reynolds Benício, que em 2014 disputou a eleição para Deputado Estadual, alcançando a votação de 1700 votos.

Reynolds que é Engenheiro e tem grande atuação na cidade e no interior, disputará a reeleição para vereador pelas oposições.

Para o parlamentar, a situação administrativa do município está no fundo do poço. "Não apoiaria jamais uma pré-candidatura patrocinada pelo Sr. prefeito, que é o responsável pela grave situação de Piripiri. Não participo desse blocão" disse Reynolds.

Reynolds ainda afirmou que tem uma relação de respeito e amizade com Luiz Menezes e que confia na sua capacidade para reerguer Piripiri.

O PROS anuncia oficialmente logo mais às 19:30h, na sede do partido, o apoio a Menezes.

Comércio de Piripiri reivindica mais segurança e investimento no setor

Ontem, dia 28, aconteceu no auditório Germarion Brito, mais um encontro com a finalidade de ouvir a população e montar um plano gestor administrativo. Desta feita foi a vez dos empresários, dos comerciantes e comerciários. O pré candidato a prefeito de Luiz Menezes e a vice o Murieel Queiroz ouviram atentamente as reivindicações e preocupações de todos em revitalizar o comércio de Piripiri.

O Dep. Marden falou que vai destinar das suas emendas R$ 500.00 para resolver o problema do mercado Público de Piripiri, além de vai buscar com outros deputados e senadores mais recursos para o município.


Domingão analisa balancetes na Câmara Municipal de Piripiri

Vereador desconfia de aumento de salário de alguns servidores municipais

27 de julho de 2016 16:09h Categoria: Política Comentários ()
Domingão analisa balancetes na Câmara Municipal de Piripiri

O vereador Domingos Carvalho( Domingão) ver com preocupação os gastos da prefeitura de Piripiri, que chegam à Câmara Municipal. Ele fiscaliza constantemente os recursos públicos nestes balancetes.

"Verifiquei que vários assessores que recebiam entre 1.300,00 a 2.000,00 reais em Janeiro de 2016, passaram a receber em abril entre 4.980,00 a 5.300,00 reais", fez esta observação o vereador.

Fonte: Facebook do vereador Domingão.

DEFINIDO: Murieel Queiroz é pré-candidato vice-prefeito de Luiz Menezes

O jovem Muriel Queiroz é o pré-candidato a vice-prefeito ao lado de Luiz Menezes, escolhido pela ampla maioria das lideranças das oposições.

Vereador mais votado nas duas últimas eleições, Muriel tem uma atuação reconhecida na Câmara, voltada para o público jovem, destinatário de projetos importantes no plano de governo de Menezes.

O jovem advogado terá a responsabilidade de desenvolver com Luiz Menezes o plano de recuperação da cidade, que cuide do presente e prepare o município para as próximas gerações.

PESQUISA ELEITORAL: Luiz Menezes lidera com 49% das intenções de votos

A pesquisa registrada no TSE sob o número PI-06444/2016, foi realizada do dia 18

26 de julho de 2016 09:54h Categoria: Política Comentários ()
PESQUISA ELEITORAL: Luiz Menezes lidera com 49% das intenções de votos

Divulgada uma nova pesquisa eleitoral no município de Piripiri, encomendada junto ao Instituto Credibilidade. O levantamento aponta os novos números na disputa pela prefeitura, após a desistência da pré-candidata Socorro Mesquita (PP), que voltou para o bloco do atual prefeito Odival Andrade (PSB).

Luiz Menezes (PMDB), pré-candidato pela oposição, continua liderando a preferência do eleitorado, alcançando 49,40 % das intenções de voto contra 40,40 % de Jove Oliveira (PTB), num confronto direto. 10,20% do eleitorado não sabe ou não opina.

VICE DE LUIZ MENESES A SER DEFINIDO

O pré-candidato Luiz Menezes, que recentemente recebeu o apoio do grupo político ligado ao deputado federal Átila Lira na cidade de Piripiri, ainda não anunciou o nome do(a) pré-candidato(a) a vice, o que deverá ocorrer até as convenções partidárias, no próximo final de semana.

UNIÃO DE GRUPOS

Com a união do grupo político de Odival Andrade, que conta além da pré-candidata Jove Oliveira, com a atual vice-prefeita Socorro Mesquita e o ex-prefeito Dr. Pinto, a rejeição de Jove Oliveira aumentou para 29,20 % contra 25,80 % de Luiz Menezes. 45,00 % do eleitorado não rejeita nenhum dos pré-candidatos ou não opina nesse quesito.

ODIVAL: 69% DE REPROVAÇÃO

Quanto à aprovação das administrações municipais e estadual, o prefeito Odival Andrade chega aos 69,60 % de reprovação da sua gestão, e apenas 23,00 % de aprovação, um recorde negativo na história do município. O governador Wellington Dias (PT) possui a aprovação de 77,00 % do eleitorado piripiriense e 15,60 % de reprovação.

FICHA TÉCNICA DA PESQUISA

A pesquisa registrada no TSE sob o número PI-06444/2016, foi realizada do dia 18 ao dia 20 de julho, após o anúncio de Socorro Mesquita como Vice de Jove Oliveira. Foram ouvidos 500 eleitores, da Zona Urbana e Rural, em entrevistas domiciliares individuais por sexo, faixa etária e por bairros, com grau de confiança de 95,00 %.

Fonte: Oolho.com.br

Luiz Menezes e Themistocles viabilizam estrada de Piripiri a Batalha

BR-222 deve passar por Piripiri

20 de julho de 2016 09:57h Categoria: Política Comentários ()
Luiz Menezes e Themistocles viabilizam estrada de Piripiri a Batalha

Dois fortes líderes políticos da região Norte, ambos do PMDB, uniram forças pela conclusão da BR-222 em solo piauiense.

Um dos principais trechos beneficiados será a estrada entre os municípios de Piripiri a Batalha, imprescindível para o desenvolvimento da região Centro Norte do Estado.

Luiz Menezes e Themistocles estão mantendo contato com representantes no Governo Federal, hoje sob responsabilidade do PMDB, pela realização do projeto. Segundo o presidente da Assembleia Legislativa do Piauí, deputado Themistocles Sampaio, a expectativa é que no segundo semestre o trecho em questão seja iniciado pelo exército, instituição que deve ser a responsável pela execução da obra.

"Eu e o Luiz Menezes estamos nessa luta e juntos fizemos o pedido para o Governo do PMDB. Acreditamos que ao longo do segundo semestre a população da nossa região contará com esse grande benefício, importante para o Piauí" destacou Themistocles.

A partir de amanhã, partidos podem realizar convenções para escolher candidatos

As agremiações partidárias que pretendem lançar candidatos a prefeito, a vice-prefeito e a vereador nas Eleições Municipais de 2016 podem realizar, a partir do dia 20 de julho até o dia 5 de agosto, convenções partidárias para a definição dos concorrentes. A regra está prevista na Lei nº 9.504/1997 (Lei das Eleições), no Calendário Eleitoral de 2016 e na Resolução do Tribunal Superior Eleitoral (TSE) nº 23.455/2015.

Conforme explica o secretário Judiciário do TSE, Fernando Maciel Alencastro, a data de realização das convenções para a escolha dos candidatos pelos partidos e para deliberação sobre coligações mudou com a Reforma Eleitoral 2015 (Lei nº 13.165/2015). O prazo antigo determinava que as convenções partidárias deveriam ocorrer de 10 a 30 de junho do ano da eleição.

A Reforma Eleitoral também alterou o prazo (que passou de 60 para 30 dias) para o preenchimento das vagas remanescentes no caso de as convenções partidárias não conseguirem indicar o número máximo de candidatos.

Outra mudança introduzida pela Lei nº 13.165 refere-se ao prazo para deferimento da filiação partidária com a finalidade de participar do pleito. Agora, para concorrer às eleições, o candidato deverá possuir domicílio eleitoral na respectiva circunscrição pelo prazo de, pelo menos, um ano antes do pleito, e estar com a filiação deferida pelo partido no mínimo seis meses antes da data da eleição. Até 2014, a filiação deveria estar deferida no mínimo um ano antes do pleito.

Definição e regras

Convenção partidária é a reunião dos filiados a um partido para a deliberação de assuntos de interesse da legenda. Em regra, as convenções partidárias devem se realizar em conformidade com as normas estatutárias do partido, já que a Constituição Federal e a Lei das Eleições asseguram às agremiações autonomia para definir sua estrutura interna, sua organização e seu funcionamento.

As convenções partidárias de caráter não eleitoral ocorrem a qualquer tempo. Já as convenções para escolha de candidatos e formação de coligações se realizam no período estabelecido pela Lei das Eleições. Em 2016, elas deverão ocorrer de 20 de julho a 5 de agosto, sendo que as respectivas atas deverão ser lavradas em livro aberto, rubricado pela Justiça Eleitoral, publicadas em 24 horas em qualquer meio de comunicação.

Segundo o art. 7º da Lei das Eleições, as normas para a escolha e substituição dos candidatos e para a formação de coligações serão estabelecidas no estatuto do partido. No entanto, em caso de omissão do estatuto, o órgão de direção nacional do partido deverá estabelecer tais normas, publicando-as no Diário Oficial da União até 180 dias antes das eleições.

Já o art. 8º, parágrafo 2º, da Lei 9.504 prevê o uso gratuito, por parte dos partidos políticos, de prédios públicos para a realização das convenções de escolha de candidatos. As legendas devem se responsabilizar por danos causados com a realização do evento.

Fernando Maciel Alencastro destaca que os postulantes a cargo eletivo nestas eleições já podem, desde o dia 5 de julho, fazer a chamada campanha intrapartidária, dirigida aos convencionais e com regras próprias. Além disso, ele alerta: “Aos partidos, é muito importante que inscrevam os diretórios municipais no CNPJ e que acessem até o prazo máximo do dia 15 de agosto o sistema CANDEX para encaminharem as relações dos candidatos e obedeçam ao percentual de gênero (70% e 30%) quando encaminharem o Demonstrativo de Regularidade de Atos Partidários (DRAP), documento essencial para todos os registros de candidatura.”

Mais informações sobre o assunto podem ser obtidas na Lei nº 9.504/1997 e na Resolução TSE nº 23.455/2015.

LC/TC.

Átila Lira reafirma apoio a Luiz Menezes e repudia matéria veiculada em portal

Para o deputado é preciso tirar Piripiri do marasmo administrativo

18 de julho de 2016 11:26h Categoria: Política Comentários ()
Átila Lira reafirma apoio a Luiz Menezes e repudia matéria veiculada em portal

O Deputado Federal Átila Lira vem a público repudiar matéria veiculada em portal do município de Piripiri que de forma irresponsável e com a intenção de confundir a opinião pública, distorceu o seu posicionamento político sobre as eleições municipais.

Átila marcou presença na Pirifolia e educadamente conversou com várias lideranças do município. Em todas as oportunidades, ele confirmou o apoio ao líder político Luiz Menezes.

Átila ainda reitera que participará ativamente do pleito local por entender que é preciso recolocar Piripiri em um caminho de desenvolvimento.

O grupo político liderado pelo jovem Neto da Chrisfapi deve anunciar, nas próximas horas, o seu apoio oficial a pré-candidatura de Menezes.

Fonte: Assessoria do deputado federal Átila Lira.

Anos após ser traído, José Pinto e Socorro voltam aos braços de Odival Andrade

Reedição do blocão junta Jôve Oliveira, Odival, Pinto e Socorro

14 de julho de 2016 15:10h Categoria: Política Comentários ()
Anos após ser traído, José Pinto e Socorro voltam aos braços de Odival Andrade

Após os resultados em todas as pesquisas realizadas em Piripiri, eis que surge mais uma vez o blocão. Semelhante a 2012 onde José Pinto e Odival uniram forças para derrotar Luiz Menezes, agora muda apenas o candidato principal. Sai Odival e entra Jôve Oliveira, com Socorro Mesquita sendo vice.

Na tarde de ontem estiveram no palácio de Karnak a pré-candidata Jôve Oliveira e o vereador Genival Sales para tratar com o governador Wellington Dias sobre o suporte para o retorno de José Pinto ao blocão. Pinto, que foi humilhado por Odival Andrade em Piripiri, inclusive com sua esposa Socorro sendo expulsa da SETAS, foi persuadido pelo governador a esquecer as mágoas e juntar-se novamente a Odival Andrade, pessoa que ele chamava aos quatro cantos de "traíra".

Piripiri agora possui claramente dois candidatos. Luiz Menezes representando a oposição e Jôve Oliveira representando a situação, o modelo de gestão que vem administrando Piripiri nos últimos 3 anos e meio. Odival Andrade sai de foco provisoriamente, mas é, por trás, o grande coordenador e articulador político da campanha de Jôve Oliveira.

Discursos

Jôve Oliveira que vinha propagando o discurso da renovação, acaba por enterrar seu slogan de campanha. Pois se trata de uma renovação com antigas práticas políticas e com pessoas que estão há muito tempo na política, servindo apenas de manobra tentar conseguir a qualquer custo o esquema do prefeito por mais 4 anos.

Socorro, por outro lado, vai ter que convencer seu eleitor de que tudo que vinha propagando nos últimos meses eram inverdades.

Fonte: Acesseagora.com