Atleta piripiriense consegue fazer cirurgia da filha após lutar para pagar operação: “Muito feliz”

Compartilhe

A história de Evandro Capoeira, lutador de MMA que fez sua estreia no octógono aos 35 anos de idade para poder usar os R$ 500 do dinheiro do prêmio para pagar a cirurgia da filha (veja no vídeo acima), sensibilizou e teve um final feliz nesta semana. Com informações do Globoesporte.com.

Camila, de 13 anos, fez a operação para a retirada de um cisto no olho, procedimento feito no Hospital Regional de Piripiri, sem nenhum custo. Evandro agradeceu o apoio recebido.

Evandro Capoeira e a filha — Foto: Arquivo Pessoal

Evandro Capoeira e a filha — Foto: Arquivo Pessoal

– O doutor João Orlando Correia, do Hospital de Piripiri, entrou em contato comigo, agradeço demais, uma atitude muito bonita, e marcou a cirurgia. Acredito nas pessoas boas que existem no mundo, nunca vou esquecer delas. Com a ajuda de todos, muitas pessoas se sensibilizaram, de vários lugares, Pará, Santa Catarina, Maranhão, São Paulo, Rio de Janeiro, muitos entraram em contato comigo e falou sobre a luta, oferecendo ajuda e elogiando a atitude. Estou muito feliz, não há palavras para agradecer. Estávamos muito preocupados, eu e minha esposa. Quando a gente vê um filho doente, quer ver ele bom o mais rápido possível – comentou.

Evandro recebeu o convite para poder participar do Piauí Fight, evento de lutas realizado em Piripiri, no começo de agosto. Como estava precisando do dinheiro, aceitou. O lutador sustenta a casa com a venda de bombons, balas, pirulitos e salgadinhos em comércios pela cidade. No combate, acabou nocauteado aos dois minutos de luta por Rubens Massará.

– Terminou a cirurgia e veio direto para casa, está boa. Próxima semana, vai voltar às atividades normais. Pegou três pontos, responde bem a medicação. Nesta sexta, vamos ao posto de saúde do bairro para tirar os pontos – completou, sobre a recuperação da filha.

Piauí Fight - Evandro Capoeira x Rubens Massará — Foto: Denes Brito

Piauí Fight – Evandro Capoeira x Rubens Massará — Foto: Denes Brito

Dos R$ 500 da luta e da quantia recebida por amigos após a história ganhar repercussão, Evandro Capoeira mantêm guardados. Na continuação na carreira de MMA, ele espera a convocação para um novo card.

– Uma parte do dinheiro usamos para comprar alguns medicamentos depois da cirurgia. Outra parte está guardado, mas é todo dela. Vai que precisa? Na verdade, por mim, nem gastaria esse dinheiro, não gastaria nenhum centavo dele (dos R$ 500 da luta) – disse, completando:

“Quando me lembro desse dinheiro, me lembro da luta, me lembro da minha filha. Então, é como se fosse um troféu. Não veio o cinturão pela vitória, mas é uma quantia que é sagrada. Estamos muito felizes, de coração, obrigado por tudo. Se tivesse que apanhar de novo por ela, apanharia”.

Please follow and like us:
error

Compartilhe

DEIXE UMA RESPOSTA

Digite seu comentário
Digite seu nome aqui