“Bolsonaro precisa parar de brincar na internet”, diz Manuela D’Ávila no Piauí



Compartilhe

A ex-candidata a vice-presidente do PCdoB a presidente da República, Manuela D’Ávila, concedeu entrevista coletiva à imprensana sede do partido em Teresina. Em entrevista, ela criticou o presidente Jair Bolsonaro e defendeu a união das esquerdas.

Manuela afirma que “chegou a hora de Bolsonaro parar de brincar de ser presidente na internet”. A dirigente nacional do PCdoB está no Piauí para lançar seu livro “Revolução Laura” e fazer um bate papo sobre o fake news e democracia.

“O povo brasileiro espera que o presidente Bolsonaro pare de brincar na internet e comece a trabalhar com temas caros para o nosso povo. Somos 15 milhões de desempregados. De  um lado espera-se um presidente que não puna mais a sociedade”, disse Manuela que foi vice na chapa de Fernando Haddad (PT) segundo colocado nas eleições gerais no ano passado.

Para Manuela, a reforma da Previdência e a revogação da política do salário mínimo prejudicam os mais pobres.

“São um conjunto de medidas que penalizam os mais pobres. A ideia da educação em casa penaliza as mulheres. São eles que teriam que ficar em casa cuidando dos filhos em casa. A reforma da Previdência vai penalizar os idosos mais pobres. As medidas agravam a crise. É um governo atrapalhado e trágico que prejudica os partidos”, afirma.

Em palestra na Noite, ela fará uma palestra sobre divulgação de notícias falsas.. “Criaram mentiras na eleição como o Brasil seria uma ditadura gay, cria medo na população para garantir suas vitórias.  O PCdoB se esforça para que a oposição possa se unir para defender a democracia. A democracia é a base da construção e qualquer alternativa. Queremos que os países se unam e defendemos a unidade do campo político”, afirmou.

Manoela D’ávila afirma que a esquerda deve ter um papel importante na eleição municipal de 2020“ Os partidos de esquerda tem a responsabilidade de construir alternativas unitárias para vencer as eleições no máximo de municípios possíveis”, destacou.

Durante evento, ela vai lançar seu livro “Revolução Laura” que conta a experiência entre a política e a maternidade.

Lídia Brito
redacao@cidadeverde.com

Please follow and like us:
error

Compartilhe

DEIXE UMA RESPOSTA

Digite seu comentário
Digite seu nome aqui