Depois de protestos, governo suspende reajuste na passagem de ônibus para Altos-PI

Compartilhe

O reajuste da tarifa do transporte intermunicipal entre Teresina e Altos está suspenso provisoriamente. A decisão saiu após uma reunião no começo da tarde dessa segunda-feira (21) entre representantes do Ministério Público Estadual, Polícia Rodoviária Federal, Sindicato Intermunicipal de Transporte Rodoviário, estudantes, Câmara Municipal de Altos-PI e representantes da empresa Barroso. O aumento da passagem resultou em um protesto que interditou a BR-343 por boa parte da manhã de ontem.

A tarifa havia passado de R$ 5,00 (inteira) para R$ 5,80; e de R$ 3,50 (meia) para R$ 4,00. Segundo a Secretaria de Transporte, na próxima quinta-feira (24), será realizada outra reunião, na Promotoria de Altos, com as presenças de estudantes, Câmara e Prefeitura municipal, no intuito de discutir a pauta. Após a reunião ficou acordado que a inteira permanecerá em R$ 5,80 e a meia ficará congelada em R$ 3,50 até nova reunião.

“O acordo é provisório. A empresa concessionária irá congelar o aumento da passagem para os estudantes até uma próxima reunião, que será realizada na próxima segunda”, disse ao Cidadeverde.com o promotor Paulo Rubens, do Ministério Público.

Segundo o promotor, novos protestos não devem acontecer até que o assunto volte a ser discutido. “Na reunião havia representantes do movimento que concordaram com essa solução temporária. Na quinta eles foram convidados a comparecer até a Promotoria para apresentarem a pauta completa de reivindicações”, afirmou o membro do MP.

“Posteriormente, na próxima semana, em data a ser definida, será realizada nova reunião, na sede da Setrans, onde será apreciado oficial elaborado pelos estudantes, a partir do que for definido na reunião da próxima quinta-feira (24), tendo em vista uma resolução definitiva quanto ao reajuste tarifário”, diz a nota da Setrans.

 

Cidade Verde

Please follow and like us:
error

Compartilhe

DEIXE UMA RESPOSTA

Digite seu comentário
Digite seu nome aqui