Governador retorna do exterior e desdenha de laudo de engenheiro sobre situação do “Caldeirão”



Compartilhe

Em edição do Jornal Meio Norte de hoje, 31, o governador trata o possível rompimento da parede do Açude Caldeirão como “Fake News”. Em 2009, dez anos atrás, o governador também não deu importância para o fato que acontecia na barragem de Algodões. O resultado o Piauí todo conhece, onde houve o rompimento da barragem e nove pessoas morreram na ocasião.
 
Em Piripiri, o laudo assinado pelo engenheiro do DNOCS Dr. Francisco Ribeiro atestou “Pela gravidade da situação, com risco iminente de rompimento da barragem, imediatamente recuperamos uma cavidade com ajuda substancial da Prefeitura de Piripiri” e completa “providências imediatas devem ser tomadas pelo Departamento de Estradas e Rodagem do Piauí – DER, para que se evitem “tragédias com ceifamento de vidas humanas no Açude Caldeirão”.
 
Após ofícios enviados pelo prefeito Luiz Menezes para o Ministério Público, DER, DNOCS e Assembleia Legislativa, houve audiência pública em Piripiri e somente aí o Governo do Estado, através do DER, veio até o município para averiguar a situação e realizar a intervenção necessária na rodovia estadual.
 
O governador Wellington Dias, que chega ao seu quarto mandato sem nenhum grande trabalho em Piripiri, não pode tratar com desdém de um assunto tão sério que pode comprometer toda uma cidade.
Please follow and like us:

Compartilhe

DEIXE UMA RESPOSTA

Digite seu comentário
Digite seu nome aqui