Polícia Civil prende suspeito de estuprar duas netas e ter engravidado uma em Piripiri

Compartilhe

A Polícia Civil do Piauí, através da Delegacia de Atendimento à Mulher – DEAM de Piripiri e com auxílio da equipe de investigação da Delegacia Regional de Piripiri, em cumprimento de mandado de prisão preventiva, efetuou na tarde de hoje (21.11.2019) a prisão de um idoso apontado em investigações da Polícia Civil como autor de estupro contra duas netas, ambas menores de 14 anos de idade, fato ocorrido em uma localidade na zona rural de Piripiri/PI. Uma das netas está grávida com mais de 7 meses de gestação.
“Nas investigações existem vários elementos apontando a ocorrência dos abusos sexuais sofridos pelas duas meninas. Também constatou-se que uma delas está grávida com mais de 07 (sete) meses de gestação, sendo que a mesma afirmou que estava grávida do próprio avô; uma testemunha chegou a flagrar o suspeito mantendo relações sexuais com esta mesma neta em meio a uma mata, tendo a testemunha gritado o nome do autor, fazendo com que este parasse com a prática do ato, vestisse a roupa e fosse embora. O autor em seu interrogatório confessou a prática dos abusos sexuais contra a neta que está grávida.” Afirmou o Delegado Regional e que responde pela DEAM de Piripiri, Dr. Jorge Terceiro.
Diante do resultado das investigações, tratando-se de crime de estupro de vulnerável, a Polícia Civil representou ao Poder Judiciário pela prisão preventiva do autor, pedido este que foi acolhido após parecer favorável do Ministério Público, sendo então expedido o mandado que foi cumprido na data de hoje.
“Durante o cumprimento do mandado de prisão também foram encontradas na posse do autor duas espingardas, que foram então apreendidas e o autor também autuado em flagrante pelo crime de posse irregular de arma de fogo.” Afirmou o Delegado Ricardo Oliveira, titular do 2° Distrito Policial de Piripiri.
O autor seguirá para estabelecimento de custódia adequado, ficando à disposição do Poder Judiciário.
Com informações: Delegado Jorge Terceiro (PC)
Please follow and like us:
error

Compartilhe

DEIXE UMA RESPOSTA

Digite seu comentário
Digite seu nome aqui