Por que as galinhas não voam ?

Compartilhe

Sem muitas delongas, responderemos a esta pergunta dizendo que sim. As galinhas podem voar. No entanto, esses voos, geralmente, não chegam a passar de alguns poucos metros, antes delas pousarem no solo novamente. Agora, que respondemos se elas podem ou não voar, vocês devem estar se perguntado, o porquê delas não realizarem voos tão longos quanto outras aves, certo?

Bom, diferente da primeira pergunta, esta não é uma questão tão simples de se explicar. Como todos nós sabemos, assim como muitas outras aves, as galinhas possuem asas e penas macias. Entretanto, o que as difere das demais aves é que elas não costumam sair pelos céus, exibindo belos rasantes por aí, em busca de quintais para ciscarem.

De acordo com Michael Habib, professor de neurobiologia da Universidade do Sul da Califórnia e pesquisador do Dinosaur Institute no Museu de História Natural do Condado de Los Angeles, a razão por trás de seus voos curtos, basicamente, é que suas asas são muito pequenas e seus músculos de voo são grandes e pesados demais. Dessa forma, a decolagem é prejudicada.

No entanto, ainda segundo o professor, isso nem sempre foi assim. “Fomos nós quem fizemos isso com elas”, disse Habib, ao portal Live Science. “Fizemos isso através do tipo mais antigo de engenharia genética que temos, que é a criação seletiva”.

A ave selvagem Gallus (Gallus gallus), nativa do norte da Índia, sul da China e do sudeste da Ásia, é o ancestral direto ou parente vivo mais próximo das galinhas modernas (Gallus gallus domesticus). Sendo que estas foram domesticadas, pela primeira vez, entre 6.000 e 8.000 anos atrás, segundo Habib.

Voos curtos

Assim como outras aves, que são conhecidas como “aves de caça”, como perdizes, faisões e codornas, o gallus pode voar apenas distâncias curtas. O que ocorre devido a sua pouca resistência, apesar de seus músculos poderosos. As aves de caça costumam utilizar seus grandes músculos de voo para se impulsionarem fortemente, produzindo uma boa decolagem e voar por uma curta distância. Esse voo é chamado de “voo de explosão”, devido à força de impulsão. Além do mais, este é um ótimo mecanismo para escapar de seus predadores.

Entretanto, de acordo com Habib, a galinha moderna mal consegue fazer o mesmo. Isso ocorre principalmente porque as pessoas que gostam de comer a carne desses animais, criam as galinhas para ter músculos de voo, ou peito de frango, ainda maiores do que as aves selvagens. “Os grandes músculos do voo são muito saborosos”, disse o professor.

Apesar de soar irônico, os grandes músculos de voo das galinhas as impedem de voar. Para voar, as aves precisam de uma carga alar apropriada, que é proporção de massa corporal e área da asa. As aves precisam ter, pelo menos, 1 centímetro quadrado por 2,5 gramas de massa corporal para voar.

Portanto, conforme explicou Habib, como o frango domesticado possui asas menores e uma massa mais pesada do que as aves selvagens, elas mal podem voar. No entanto, às vezes, as galinhas jovens, que não são tão pesadas quanto as adultas, podem voar. “Mas, apenas por distâncias muito curtas”, afirmou o pesquisador.

Fonte: Fatos Desconhecidos.

Please follow and like us:
error

Compartilhe

DEIXE UMA RESPOSTA

Digite seu comentário
Digite seu nome aqui